Desemprego recuou pelo sexto mês seguido. Agora a taxa está em 11,9%.

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 11,9% no trimestre encerrado em setembro, mas ainda atinge 12,5 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Esta foi a sexta queda mensal seguida e a menor taxa de desemprego registrada no ano no país.

Medido pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), o desemprego estava em 12,4% no mesmo período de 2017. No trimestre encerrado em agosto, o resultado ficou em 12,1%.

O IBGE informou que o contingente de desempregados é 3,7% menor que o registrado no trimestre encerrado em junho (474 mil pessoas a menos). Já na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, quando havia 13 milhões de desempregados no país, a população desocupada caiu 3,6% (menos 469 mil pessoas). Já o número de pessoas desalentadas (que desistiram de procurar emprego) ficou estável em relação ao trimestre anterior, se mantendo no patamar recorde (4,8 milhões). Na comparação com o mesmo trimestre de 2017, porém, houve alta de 12,6%.

5 comentários:

Anônimo disse...

Em janeiro volta tudo ao normal, com viés de alta o desemprego. Kkkkkk

Chico Valente disse...

Os índices econômicos vinham subindo.
O nível de emprego vinha subindo.
A confiança dos empresários e dos brasileiros vinha subindo.
O PIB vinha subindo e em decorrência a renda dos brasileiros.
Tudo estava melhorando.........
Ai veio o janotaço de maio de 2017.
O golpe comunista parou o Brasil!
Os mentirosos saíram à tona apregoando moralidade.
Novo golpe em setembro de 2017, maio de 2018 greve dos caminhoneiros sutilmente administrada para semear o caos.
O atual Governo Federal está por fazer o Brasil crescer, sendo infinitamente melhor que qualquer pt da vida, a despeito de toda campanha difamatória e maledicente da venus platinada e seus alimentadores de sofismas.

Adilio Faustini disse...

Sem a esquerda escarlates bolivarianas atrasadas no governo o Brasil vai progredindo.O Brasil é uma piada pronta, a esquerdas escarlates bolivarianas atrasadas, se dizem Democraticos e defendem Ditaduras, se dizem progressistas e onde governam levam os países ao atraso.É uma inversão de valores sem precedentes no mundo civilizado.

Anônimo disse...

Perto do Natal recua. Depois explode novamente.

Anônimo disse...

Vocês sabiam que o Ibge considera jovens de 14 a 18 como desempregados????? Por isto a taxa é tão alta.