Álvaro Dias quer ser presidente do Senado

O senador Álvaro Dias entrou quer disputar a presidência do Senado.

14 comentários:

Anônimo disse...

é cavalo de Troia...

Bolsonaro precisa movimentar a tropa no Senado para impedir esse individuo de pegar o cargo...

quer se investir de um poder que não tem mais...

não se pode sair de um 9 nono lugar em uma eleição presidencial e cair direto em um dos cargos mais importantes e estratégicos da Republica...

Anônimo disse...

Esse merece.

Anônimo disse...

Eu não confio 100% no Álvaro Dias, mas se aparecer algum nome do PMDB, PT, PSDB e outros do gênero, não seria uma péssima escolha. Seria uma escolha mediana.

o PSL deveria ter candidato próprio ou algum aliado tanto para a câmara quanto para o senado.

aparecido disse...

Pobre Alvaro.. não consegue entrar nem na diretoria de seu condominio !!!!!

Anônimo disse...



Apoiado Alvaro Dias para a presidencia do Senado!!

Passado limpo, ao contrário de outros..!

Anônimo disse...

Empeachment de ministros do STF esquerdistas, petralhas.....Presidência do senado esquerdista sentada em cima de processos....Fachim defensor de sem-terras MAIS PRESIDÊNCIA do Senado esquerdista IGUAL A TRANQUEIRAS PARA BOLSONARO!

Anônimo disse...

Bom candidato a Presidente do Senado, o Esperidiao Amin também é um bom nome.

Anônimo disse...

Garanto que o Fachin vai votar em seu padrinho Alvaro Dias.

Anônimo disse...

So se fizerem bafômetro, exame toxicológico ...no debate da Globo tava mto doidão...ou perdido, mesmo. Depois do fiasco eleitoral se candidatar a vereador em Ponta Grossa, perde!

SILVIO disse...

Esse é perigoso, melhor cortar o mal pela raíz. Vai ser morto pelo bandoleiro do cangaço...

Anônimo disse...

como disse um colega, o Amin é um bom nome...

sujeito com experiência parlamentar, equilibrado e ponderado...

JOÃO FERNANDO CUNHA DA CUNHA disse...

PREFIRO O ESPERIDIÃO AMIN.
ESSE EU CONHEÇO E CONFIO.

Anônimo disse...

Aquela mansão na regiao do lago de 800 m2...47 funcionarios..deve ser invejavel

Heloisa disse...

É bom não esquecer que foi ele quem botou Fachin no STF.