Avança proposta de extinção da Justiça do Trabalho

Depois das negaças de boa parte da magistratura manifestar ampla rejeição à nova legislação trabalhista e após a decisão de ontem do TST contra a Petrobrás, avançou a proposta de acabar com a Justiça do Trabalho.

E passar todas as demandas para a justiça comum.

A maior parte dos Países não possui Justiça do Trabalho.

7 comentários:

Anônimo disse...

Ilusão. uma casta nobre, bem remunerada, jamais aceitará ser extinta, pois o corporativismo, está acima dos interesses do Povão

Anônimo disse...

Seria uma vitória da sociedade sobre um antro corporativista e altamente ideologizado, que de justiça não tem nada, salvo raras exceções.

Anônimo disse...

Nenhum país sério têm Justiça do Trabalho e urnas eletrônicas!

Anônimo disse...

Seria um feito planetário a extinção destes parasitas.

Anônimo disse...

Aqui vão até sindicalizar robôs e depois os robôs vão entrar com ações trabalhistas contra as empresas!

Anônimo disse...

Finalmente uma idéia brilhante surge nesta escuridão que permeia o serviço publico. Penso que não se cria, mas vamos torcer que acabem com esta casta do funcionalismo publico que tanto atrasa o Brasil.

enio@predilar.com disse...

A JUSTIÇA DO TRABALHO já prestou seus serviços numa época que passou. Hoje o país dispõe de outros mecanismos para regular as relações trabalhistas. Só isto, fim.