STF concede liminar para suspensão para pagamento da divida do RS com a União

O ministro do STF, Marco Aurélio Mello, acaba de conceder medida cautelar ao pedido protocolado pelo governo do Rio Grande do Sul para suspender os pagamentos das prestações mensais da divida com a União.

A decisão tem caráter provisório, pelo menos ate que o governo estadual possa aderir ao regime de ajuste fiscal dos estados.

3 comentários:

Anônimo disse...

Mais uma vez a sociedade pagará a conta pelos altos salários e aposentadoria precoce dos funcionários públicos. Lá na frente a conta virá em dobro. Chegará o momento em que não haverá mais dinheiro para a folha.

Anônimo disse...

Aposentadoria precoce de funcionários??

Só que seja de juízes e corruptos golpistas.

Funcionário público é o ÚNICO QUE TRABALHA nas repartições.

Políticos ladrões semi-analfabetos e CeCezinhos só mandam, roubam, barganham, conspiram.

Anônimo disse...

O GOVERNO NÃO TÁ NEM AÍ COM DÍVIDA NENHUMA ELE QUER SALVAR O GOVERNO DELE E O PRÓXIMO QUE SE DANE COM A DÍVIDA CADA VEZ MAIS ALTA.SÃO POUCOS MESES MESMO PARA QUE ELE FIQUE SÓ VAI PREJUDICAR MAIS MESMO.