Sescoop/RS aposta no "Programa Aprendiz Cooperativo do Campo" para reter gaúchos no agro

O mais novo programa de aprendizado cooperativista implementado pelo Sescoop do RS, o sistema que reúne 420 cooperativas e que administra também uma das três únicas faculdades da área no Brasil, é o "Programa Aprendiz Cooperativo do Campo", que na sexta-feira lançou seu sétimo curso, desta vez na Aurora, Bento Gonçalves. Um dos objetivos centrais dos cursos é reter os jovens no campo, mas sobretudo melhorar a gestão das propriedades rurais familiares.

São cursos para jovens de 14 a 24 anos. Eles incluem até mesmo as questões relacionadas com a sucessão familiar.

O editor soube da novidade durante café da manhã com o presidente do Sistema Ocergs-Sescoop do RS, Vergílio Frederico Perius (foto acima), na sede da organização, avenida Berlim, Porto Alegre. O complexo onde se aloja a Escoop - Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo, mantida pelo Sescoop/RS, é o da antiga Antarctica, 2.300m2, todo dedicado à Faculdade de Tecnologia do Cooperativismo, cujos cursos de graduação possuem 120 alunos, mais seis turmas de pós e extensão

Vergílio Perius, advogado, pedagogo e filósofo, é presidente desde 2006.

Um comentário:

Anônimo disse...

kkkk, piada ou o que?