Primeiro veículo do Aeromóvel de Canoas está saindo da linha de produção da Marcopolo

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, poderá apresentar em setembro o primeiro veículo que a Marcopolo conclui para uma das linhas do Aeromóvel.

As obras de instalação do sistema prosseguem na cidade. Ela será a primeira cidade brasileira a contar com transporte coletivo do gênero.

7 comentários:

Anônimo disse...

e dá-lhe Brasil!

não tem nem o básico e ja querem sempre se aventurar nessas modernices de primeiro mundo...

é a nossa cara mesmo...

Anônimo disse...

Alguém ai pode ajudar a esclarecer esse ignorante? o Aeromóvel do aeroporto, transita nos trilhos com a velocidade de uma carroça. Quem já visitou os parques da Disney certamente usou um monotrilho elétrico, silencioso, rápido e automatizado. Também usa o mesmo princípio aeroportos de Atlanta, Chicago e muitos outros. Porque nós, brasileiros queremos reinventar a roda? para longas distancias essa engronha vai funcionar?

Anônimo disse...

Aos anónimos 13:58 e 16:25..antes de falarem merda...leiam!. Se instruam...as informações estão disponíveis na internet..não vou nem perder tempo explicando.

Anônimo disse...

Para prever o q acontecerá com esta gambiarra tecnológica, basta ver essa geringonça funcionando na estação aeroporto.

Anônimo disse...

Para prever o q acontecerá com esta gambiarra tecnológica, basta ver essa geringonça funcionando na estação aeroporto.

Anônimo disse...

o anonimo das 19:54 deve ser mais um dos que acham que moram na Dinamarca...

nao preciso "ler na internet" para entender as prioridades de um país empobrecido como o Brasil em praticamente toda as suas cidades...



Anônimo disse...

Opinião tecnica ...não tenha como base uma ma aplicação de tecnologia..o Trensurb era para rodar a 80 km/ h...aqui roda no maximo a 50..60.
Em Jakarta o aero roda a 70...pode ir a 100. ..Alem disso..se queres um pais desenvolvido..tem que dar força para o desenvolvimento de tecnologia nacional...Mas pelo jeito são favoráveis a continuar mandando pra fora navios inteiros carregados de minerais e grãos...e recebendo em troca um container com Chips...E nossos estudantes de engenharia após se formarem virando uns trocadores de peças. Querem que este pais saia da pobreza..invistam em pesquisa e tecnologia aqui. Não dando emprego e desenvolvendo as mentes de coreanos e chineses.