Temer muda área de comunicação digital para estancar sova que toma nas redes sociais

Diante da surra que toma nas redes sociais, o governo Temer fará a partir da semana que vem uma reestruturação da sua área de comunicação digital. O responsável será o marqueteiro do PMDB, Elsinho Mouco, que trabalha com o presidente há quase 15 anos.


Até agora, a equipe digital - a cargo de duas agências licitadas para prestar o serviço ao governo federal - era comandada pelo publicitário Daniel Braga, que é também responsável pela estratégia de redes sociais do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB). Braga auxiliava a comunicação de Temer desde abril e foi um dos criadores dos novos canais de comunicação lançados em maio, por comemoração de um ano de governo. Com a marca "Agora Brasil", além da nova página da internet, Braga criou quatro novos canais, que têm conteúdo distribuído prioritariamente no Facebook e no Twitter.

7 comentários:

Anônimo disse...

coitado, mal sabe que não é uma questão de mudança...

Unknown disse...

Vai ser o "Temer Bolado"???

Anônimo disse...

Temer não se toca que acabou para o povo e tudo que fala de vonquista do seu governo são blá..blá. bĺá sem suatentacão em números, pois Bradil vive a maior crise economica, social, fiscal e moral. Ele é parte do governo Dilma,participou e esteve com ela. Dane-se!

Anônimo disse...

É difícil o publicitário fazer milagres quando o produto é ruim. Temer cria medidas impopulares contra o trabalhador brasileiro, aumenta impostos e quer aparecer bem na foto.
Difícil, se não impossível.

Anônimo disse...

Isso! Usando meu suado dinheiro para pagar propaganda dele...Este negocio de verba para publicidade tem q acabar...milhões q poderiam ir para a saude e educação.

Realista disse...

A comunicação é de suma importância para um Governo democrático.
Quem acompanha um mínimo sobre as notícia vindas de Brasília verifica o alto índice de acertos do Governo, muita coisa boa em favor do Brasil e dos brasileiros, mais o bom diálogo com o Parlamento.
O que de ruim existe é duplo financiamento de um certo canal de televisão pelos magarefes e pela grande fortuna roubada e acumulada pelo partido das trevas durante anos.
Certo são também as claques dos ideologizados e dos iludidos de quem os zurros a mídia repercute.
Conheço alguns políticos que em público falam em desembarcar do governo mas em reservado o elogiam.
Outro fator de anti publicidade são os amestrados e alugados eletrônicos.

Anônimo disse...

Muito bom ...