Folhas de Pessoal do governo gaúcho vão acavalar-se no final de setembro

Caso não consiga aderir a tempo ao Regime de Ajuste Fiscal dos Estados, o governo gaúcho não terá como impedir que os vencimentos de duas Folhas de Pessoal acavalem-se ao final de setembro.

Sem acordo, as esgualepadas finanças públicas entrarão em colapso.

11 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso mofa os processos de extinção de fundações, que poderiam já ter demitido empregados desnecessários e que sangram as contas públicas sem retornar em nada a sociedade gaúcha. o TCE RS agora resolveu brincar com isso também e aceitou representação do MP RS que é aliado dos corporativistas defensores de estruturas obsoletas e nefastas ao princípio de zelo e eficiência.

Anônimo disse...

MAS ESTE É O DESEJO DA ESQUERDA/MARXISTA ABOLETADA NA ASSEMBLEIA...

QUEREM QUE O GOVERNO SE LASQUE, FIQUE SEM GRANA, SEM SAÍDA.
NA DESGRAÇA ELES ENLOUQUECEM, APARECEREM COMO SOLUÇÃO....E TENTAREM VOLTAR AO PODER...ISTO É PSICOPATIA...É DOENÇA...TUDO PELO PODER, E PARA SE MANTER NO PODER VALE TUDO..A LAVA JATO É A PROVA..P.Q.P

A POPULAÇÃO, O ESTADO, O FUTURO, A QUALIDADE DE VIDA....PARA ELES NÃO VALE NADA....

Anônimo disse...

Macron irrita direita brasileira ao estatizar estaleiro na França:

28 de julho de 2017 - Blog do esmael

O presidente francês Emmanuel Macron pregou uma peça na direita brasileira ao nacionalizar os estaleiros STX France, para evitar que a italiana Fincantieri fosse comprada pela italiana Fincantieri.

Macron era considerado até semana passada como modelo para os golpistas brasileiros que tentam fabricar um anti-Lula nas eleições de 2018, mas, como registrou o Blog do Esmael, o francês despencou nas pesquisas em apenas 3 meses como se fosse um castelo de cartas.

Voltemos à estatização do “liberal” Macron na França.
O ministro da Economia Bruno Le Maire justificou que o “único objetivo” da estatização é “defender interesses estratégicos da França na construção de navios”. Precisaria mais algum motivo?

A decisão de estatizar a industria naval francesa deixou a direita brasileira desorientada e muito irritada com Macron, que era como uma espécie de “farol” do neoliberalismo na América Latina.

O governo golpista de Michel Temer, por exemplo, quer vender todos os ativos (patrimônio público) em nome do superávit primário (dinheiro para pagar juros dos bancos). Segundo recente denúncia dos petroleiros, o governo ilegítimo também faz negócios utilizando laranjas para beneficiar amigos do regime.

A estatização francesa não passou despercebida pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR), presidente nacional da Frente Ampla Nacionalista: “Macron, na França, estatiza estaleiros para evitar controle estrangeiro. Aqui o governo fecha e põe à venda para estrangeiros. PQP!”, tuitou.

Em março do ano passado, o ex-presidente Lula apontou o juiz federal Sérgio Moro como responsável pelo aumento desemprego em todo o país. E, em agosto, também de 2016, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) acusou o magistrado da lava jato de desempregar mais de 1,5 milhão de trabalhadores durante manifestação em defesa da indústria naval em Niterói (RJ).

PS:Neoliberalismo é isso. Política antinacionalista, vendem o país para quem der mais (geralmente pouco) e o povo fica a ver “navios”, literalmente nesse caso.

Raquel Santos disse...

ELE ESTÁ ESTRAGANDO O PMDB COM CERTEZA VAI CAIR E MUITO OS VOTOS NÃO SOU EU QUE ESTOU FALANDO EM TODOS LUGARES E CIDADES QUE ANDO COMENTAM QUE ESSE PARTIDO PERDEU O REBOLADO.

Anônimo disse...

Olha o mortadela ai em cima vomitando asneiras o pt nao quer privatizar é kkkkkkk deixe d mentiir o pt foi p q mais privatizou -aeroportos estradas portos parte da petrobras pre sal amazonia ta nas maos estrangeieas ha anos se o
informe antes d postar asneiras o pt age nas sombras meu caro fez tudo calado e com ajuda da midia q nao mostrava .....tomara q temer privatize pois assim deve ser assim é nos paises desenvolvidos nao temos grana e nem capacidade p manter tantas estatais nem p explorar o tal pre sal voce deve estudar ao invedo q adianta a tal petrobras se pagamos uma das gasolinas mais caras do mundo entao pare d postar tanta m....

Anônimo disse...

Num primeiro momento,o Psol ao invés de querer extinção da Justiça Militar,bem que podia dar uma ajudazinha no funcionalismo público,favorecendo Sartori na Assembleia.
Favorecendo que me refiro,é votando a favor dos projetos,e não contra,assim como tem feito.
Pois,sem dúvidas que trata-se de um partideco de merda,que só atrapalha aqueles que desejam fazer alguma coisa.

Anônimo disse...

O SÁDICO Sartori usa a mesma tática mafiosa do fascista Henrique Meirelles:

CHANTAGEM + MENTIRAS + CHANTAGEM!

COMO FAZ TAMBÉM O MARCHEZAN "DAS NEVES"

Que coincidência: os três são carcamanos, de origem italiana, o povo mais cruel do mundo, que MATARAM, ESTUPRARAM e ESCRAVIZARAM a Europa inteira + Oriente Médio, com o SANGUINÁRIO e USURPADOR Império Romano!

A ética MALDITA italiana:

"A gente tem que levar vantagem em tudo certo?"

Mas, para os 50% que levarem VANTAGENS, existem outros 50% sendo ENGANADOS!

Anônimo disse...

Pq tu nao gasta o tempo que tu leva digitando pra ir lá reclamar pedindo agilidade?

Arno Edgar Kaplan disse...

Feio a coisa no nosso Rio Grande. Sem saída, por enquanto. Temos que voltar ao Estado enxuto, pois o Estado com empresas, simplesmente faliu. Onde há ladrões aos borbotões, só o Estado mínimo pode subsistir.

Arno Edgar Kaplan disse...

Zero Keynes. Cada um por si. Nada do Estado ajudar !!!

Arno Edgar Kaplan disse...

Zero Keynes dá em Zero Ladrões. Pelo menos assim, nos veremos livres dos ladrões do erário público. Quanto aos ladrões de galinhas - até esses - diminuirão em quantidade.