Artigo, Astor Wartchow - Renuncia agora, Temer

- Advogado

 Assim como eu dissera acerca do incompetente mandato de Dilma, ao afirmar que sua renúncia seria mais digna, também é hora de Temer renunciar.

Ainda que a gestão Temer esteja fazendo um esforço para realizar as adequações orçamentárias  necessárias haja vista a irresponsabilidade fiscal decorrentes  das populistas gestões anteriores.

Relembrando: gestões que resultaram em desarrumação generalizada da economia nacional, crimes contábeis-administrativos e a credibilidade perdida. E níveis de desemprego como nunca dantes.

Com Temer ou sem Temer, o respectivo, necessário e oneroso ajuste de contas social, econômico e financeiro é inadiável. Seja quem for o próximo presidente, será uma questão de tempo e atitude.

Mas, agora, com o revelado advento de constrangedores diálogos presidenciais com o safadão Joesley Batista, a situação ficou insustentável.

CLIQUE AQUI para ler tudo.