Jeferson Fernandes, deputado do PT, diz no MPE que não tem nada a ver com atos do irmão preso por tráfico de drogas

O deputado estadual Jeferson  Fernandes (PT), preso durante a reintegração de posse da ocupação Lanceiros Negros, está também ocupado em se defender de acusações feitas em função da prisão do irmão, Gerson, condenado a 12 anos de cadeia por tráfico de drogas. Ele afirmou na tarde desta quarta-feira que “não responde pelos atos de ninguém”.


“A ligação do meu nome com os atos de quem quer que seja são tentativas de difamar minha imagem. Podem me investigar de cima abaixo que não encontrarão nada”, disse o deputado. O deputado procurou o Ministério Público Estadual (MPE) para encaminhar supostas provas e indícios demonstrando a tentativa de ligar o nome dele a atos falsos ou ilícitos, com “a clara tentativa de difamação”. Ainda conforme o relato do deputado, “99% das falas coletadas são anônimas”, incluindo telefonemas e ameaças ao gabinete dele