Outro réu da Lava Jato foi parar no hospital.

Depois de Alberto Youssef e José Carlos Bumlai, o doente da vez é o ex-executivo da Queiroz Galvão, Ildefonso Colares Filho. Ele foi autorizado pelo juiz Sérgio Moro a baixar ao hospital para fazer exames.

O ex-executivo trata-se de tumores pulmonares.

8 comentários:

Anônimo disse...

DESTE JEITO VÃO MORRER ANTES DE SEREM JULGADOS , A JUSTIÇA É MUITO RÁPIDA NO BRASIL KKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

Deve haver alguma maldição entre estar envolvido com falcatruas com dinheiro do erário e o desenvolvimento de câncer. Abram o olho politicaiada, pois o próximo poderá ser você. A justiça humana falha... a Divina, nunca falha!!!

Diogo Zaddor disse...

Quero ler que "lula foi parar na cadeia".
Na real, estão esperando o impeachment sair para ter uma "esplanada mais ampla" para então enjaular este ladrão!

Anônimo disse...

Todos esses safados com doenças gravíssimas mas esses amaldiçoados do demônio não morrem. Desculpe Políbio mas com essa gente tem que ser tratada assim. Região: Sertão do Pajeú - Pernambuco.

Rocco disse...

Agora que as cinco argolas das olimpíadas estão desocupadas, poderão ser usadas, criando dois pares de algemas para fazer bom uso em quem ainda tem contas com a justiça de Curitiba .. e ainda sobra uma argola pra pescoço de uso especial ao maior bandido do Brasil...

Anônimo disse...

Parece que o 'pacto' efetuado começa a fazer as cobranças.

Anônimo disse...

Aníbal volta a criticar governo Temer: sem ajuste, gestão será “jogo de passatempo”:

Tucano que tem desferido as principais críticas contra a gestão econômica do governo interino, senador José Aníbal disse, em entrevista concedida depois do jantar oferecido por Michel Temer a parlamentares tucanos, que se o interino não fizer o ajuste fiscal necessário para tirar o Brasil da crise econômica, sua gestão será o mesmo que ter "trocado seis por meia dúzia" ou "um jogo de passatempo"; a Henrique Meirelles, mandou um recado: "Se concentre nos resultados....

O TRAIRA, digo, o TEMER, do PMDB de cunha, alceu moreira, jucá, terra, sarney, gedeel, padilha, perondi, sartori, fogaça, etc. está entre a cruz e a espada, vai se "queimar" com medidas "impopulares", em consequencia, se inviabilizando para as eleições para Prefeito e vereadores 2017, Presidente, Governadores, Senadores, Deputados em 2018.

Anônimo disse...

Quando o cachaceiro for para a República de Curitiba será acometido de metástase em todos o órgãos do seu corpitcho. O mesmo para a dilmona.