PGR tem provas de que Petrolão pagou até cabeleireiro de Dilma Roussef

O jornalista Merval Pereira conta na edição de hoje do jornal O Globo que Dilma usou dinheiro do Petrolão até para pagar as viagens do cabeleireiro, Celso Kamura.

Segundo o jornalista, as provas estão de posse de Rodrigo Janot, PGR.

11 comentários:

Anônimo disse...

qual é o problema do cabelereiro da presidenta...?

Alguém reclama do auxílio moradia dos arautos da moralidade..

#Chega de circo o povo quer pão.

Anônimo disse...

Sabia que a quadrilha fazia a cabeça dela, mas não deste modo. Espero que outro japonês venha a cuidar da presidenta...

Anônimo disse...

Cada enxadada, uma minhoca.Cada enxadada, mais fundo o poço que meteram o Brasil e os brasileiros.

Unknown disse...

Agora vão passar a descobrir o porquê de tanto chororô quando Temer tentou extinguir o ministério da cultura.

Anônimo disse...

Dilma envolvida "ATÉ OS CABELOS" com a roubalheira e "NÃO TEM CONTAS NA SUIÇA"???? Ela informou MAL, OMITIU, não disse "NEM EU NEM MEUS LARANJAS"!
Olha o LARANJAL DA DILMA AÍ, GENTEEEE!!!!!

Anônimo disse...

Poderia pagar a cadeia desta corrupta cretina incompetente.

Anônimo disse...

Que nada, o apartamento dela é a casa do patinhas, porisso ela toda semana
está por perto para tomar um banho. Exagero? Olha o que fez o amiguinho dela
em Minas, encheu um apartamento de grana para dar uma de tio patinhas.

Anônimo disse...

5.000,00 (cinco mil reais) por cada cabelada. Realmente são governantes para o povo, povo delles.

Anônimo disse...

E mesmo pagando caro, esse cabeleireiro não conseguiu fazer muita coisa para endireitar a fuça da estrovenga búlgara.
Imagino o que seja esse mandiocão ANTES DE PASSAR NO CABELEIREIRO!

Anônimo disse...

Estou achando que o povo não quer pão, nem circo, quer é sangue! Infelizmente.

Brito disse...

E ainda tem brasileiro pau mandado, cego sem vergonha que confunde pessoal de cabeleireiro com benefícios constitucionais, mesmo que sejam em excesso. E gastar nosso dinheiro, inclusive o dele, para pentear aquela cabeça de m..... é demais.