Dica de leitura, Leo Iolovitch - A novidade é Temer usando mesóclise

O Reis não era chato. Diziam que ele falava difícil. Mas isso era pura manha. Quando o chamavam de "dos" Reis, protestava na hora:

-"Reis. Reis, meu caro. Sem a contração da preposição com o artigo."

Fazia questão de usar o português de forma correta. Ou o vernáculo de maneira escorreita, como ele dizia. Tudo por malandragem.

- Eu poderia te chamar de linda, usando uma ênclise, tu poderias agradecer-me, utilizando uma próclise. E, assim, a vida proporcionar-nos-ia, numa mesóclise, a oportunidade de uma aproximação e de vivermos momentos felizes.

Essas manifestações de conhecimento gramatical sempre tinham algum propósito"...

CLIQUE AQUI para ler mais.

Um comentário:

Anônimo disse...

Bem melhor o Presidente Temer em suas proclises, enclises e mesoclises do que o portugues pobrinho de Lula e Dilma, sem pronomes , plurais , concordancias , falando mentiras e bobagens. As homenagens a mandioca , ao milho e ao vento engarrafado fazem parte do passado !!!