Banrisul oferece R$ 1,3 bi para administrar pagamento da Folha de Pessoal do governo Sartori

O Banrisul ofereceu R$1.3 bilhão ao governo estadual pela compra da Folha de Pessoal. O contrato terá 10 anos.

Satrori até poderia receber mais, caso submetesse o negócio a leilão, mas preferiu ficar com o banco sobre o qual exerce o controle e tem compromissos de governo.

É dinheiro para já.

O governo vai usar o dinheiro para pagar o 13o do ano passado. Sartori prometeu pagá-lo em seis prestações, a partir deste mês. O valor total pode chegar a R$ 1,4 bilhão, praticamente o mesmo valor do negócio feito com o Banrisul. 

6 comentários:

Emmanuel disse...

Isso tem jeito de pedalada!

Anônimo disse...

Tomara que faça isso pra dar mais um argumento pro seu impeachment!!! Aceita Sartori aceita!!!

Anônimo disse...

Má notícia para os privapiratistas. Isso significa que passar o banrisul nos cobres a preço de banana (como ocorre em todas as privapiratizações), tá fora de cogitação.

Anônimo disse...

Políbio,

Raspa, raspa, raspa até não haver mais de onde tirar.

O Sartori é "professor estadual" de formação. Pensei que tinha mais cérebro e coragem.

JulioK

elias disse...

É isso . Vai tudo pra o pagamento da máquina inoperante, pesada e desproporcional do estado mais falido do bananão.
E desse dinheirão, quanto reverterá para os que pagam tudo - o povo? Nada?
Quem sabe fecha essa merda?

Anônimo disse...

Antes queriam vender o Banrisul, agora querem deixar o banco mal para entregar de graça.