Ana Amélia conta como, quando, quanto e o que declarou das doações que recebeu da Braskem

Eis a nota da senadora, desta noite:

Em relação à lista de doações da empresa Odebrecht, veiculada pela imprensa nesta quarta-feira, esclareço que doações oriundas da empresa Braskem, subsidiária desse grupo e com atuação conhecida no Rio Grande do Sul, foram feitas ao Diretório Nacional do Partido Progressista, o qual repassou para a minha conta de campanha ao Senado, em 2010, parte desses recursos, da seguinte forma: 

- no dia 27/08/2010, o diretório nacional repassou valores doados por essa empresa ao diretório estadual para diversos candidatos. O diretório estadual, do volume total, depositou na minha conta de campanha, no mesmo dia, R$ 74.569,98, e no dia 29/09/2010, R$ 25.000,00;

- no dia 27/09/2010, o diretório nacional repassou o valor de R$ 99.888,63, direto na minha conta de campanha;

- essas doações totalizam valor próximo a R$ 200 mil, citados na referida lista, com os descontos de despesas bancárias.

As doações estão devidamente registradas no Tribunal Regional Eleitoral com a prestação de contas aprovada, sem nenhuma ressalva, e constam no portal da transparência do Tribunal Superior Eleitoral.

Faço esse necessário esclarecimento pois defendo a total transparência dos fatos. Reafirmo cada vez mais meu apoio às investigações em curso pela Polícia Federal e ao trabalho das instituições na Operação Lava Jato.


Senadora Ana Amélia (PP-RS)

16 comentários:

Anônimo disse...

Hummmmm.
O vazamento da tal planilha é manobra petralha para enculcar desespero na classe politica.
Quem fez tido dentro dos conformes não tem o que temer.

Anônimo disse...

NÃO PRECISA, QUEM FEZ TUDO CERTINHO VAI 'BATER' COM O DECLARADO.

Anônimo disse...

http://diplomatizzando.blogspot.com.br/2016/03/comicio-no-palacio-do-planalto-relato.html

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=qYUVMgJZ10o&feature=youtu.be&aDILMA=&app=desktop

Anônimo disse...

Pois é, mas ela está na lista igual a manoela e os do PT, caiu na vala comum, igual aos outros politicos gaúchos. Ou a explicação a Senadora serve a dos outros não?

Anônimo disse...

Como diz o deputado da vossoroca, quem não deve não teme!

Anônimo disse...

Depois de vazar planilhas da Odebrecht, Moro impõe sigilo

23/03/2016 - 15:10

Jornal GGN - Depois do vazamento de uma 'superplanilha' da Odebrecht, o juiz federal Sérgio Moro decretou sigilo sobre o documento, que cita dezenas de políticos de diferentes partidos que seriam supostos destinatários de valores e doações da empresa. A planilha foi apreendida na Operação Acarajé, um desdobramento da Lava Jato, na casa de Benedicto Barbosa da Silva Júnior, presidente da Odebrecht Infraestrutura.

Na lista, consta uma sucessão de transferências para deputados, prefeitos, senadores, governadores e partidos políticos. Inicialmente, os autos da Acarajé estavam sob sigilo, mas Moro tirou o sigilo como tem feito desde o início da Lava Jato. Ao constatar que o documento tem 'registro de pagamentos a agentes políticos', Moro voltou atrás e deixou a planilha sob sigilo, alegando que é "prematura conclusão quanto à natureza desses pagamentos", já que a Odebrecht "realizou, notoriamente, diversas doações eleitorais registradas nos últimos anos"....

Anônimo disse...

Parabens Senadora. Tem a minha confiança.

Anônimo disse...

Quem declarou tá tranquilo, agora quem desta lista não declarou já era

Anônimo disse...

Esse vazamento da lista é petralha e quer jogar merda no ventilador do congresso, mas como tudo que esses imbecis fazem dá errado, estarão dando um tiro no pé!

Claudinor Ceccagno disse...

E qual a diferenca entre declarado e não declarado se tudo e dinheiro sujo

Anônimo disse...

Conta agora para nós senadora se é verdade que foi a senhora a responsável pela indicação do presidente da Ceee, Paulo de Tarso, que vêm fazendo gestão temerária na empresa demitindo a revelia do MPT?
Seu sobrinho Arthur Lemos, presidente do conselho de administração da Ceee e Secretário Subst de Energia vai ser interpelado judicialmente!
Foi a senhora que fez essa aberração com a Ceee???

Anônimo disse...

http://googleweblight.com/?lite_url=http://diariodesantamaria.clicrbs.com.br/rs/economia-politica/noticia/2016/03/joao-luiz-vargas-e-condenado-a-12-anos-de-prisao-no-caso-rodin-5208818.html&ei=ivUUoFZx&lc=pt-BR&s=1&m=474&host=www.google.com.br&ts=1458770315&sig=APY536yU93P7OyB-3_WEpLhQy-G6UkHeiQ

Anônimo disse...

Pode ser legal, mas é imoral. Ninguém da nada de graça, algum momento vai pedir um retorno.

Anônimo disse...

O problema não é o declarado e sim a origem. Como separar o dinheiro lícito do ilícito?
Por que uma empresa deste porte efetuava tantas doações?
O que ganhava com isso?
Essa história de que o diretório do PP repassava não cola, porque um dos delatores ligados ao PP afirmou que os beneficiários eram sabedores da origem dos recursos.

Anônimo disse...

Ela é uma santinha, só falta a canonização.
Os unicos criminosos são do PT