Redes sociais incentivam novo panelaço para esta noite. O alvo é o programa do PMDB, que ataca o governo Dilma.

Nas redes sociais já há forte campanha para que panelaço nacional acompanhe esta noite o programa de TV do PMDB, que já parece ter se prevenido, uma vez que seus apresentadores atacam a má gestão de Dilma e fala do 'Plano Temer'. Programa do partido será exibido nesta quinta-feira. 

Ao lado, montagem que mostra o jogo duplo do PMDB, ao revelar sua verdadeira face atual. 

Na semana em que a Operação Lava Jato colocou na cadeia o marqueteiro da presidente Dilma Rousseff, o PMDB leva ao ar um programa partidário em que se apresenta como opção para "tomar a dianteira" do Brasil. Durante dez minutos, dirigentes da sigla fazem duros ataques à má gestão que provocou a atual crise econômica brasileira - em clara referência a Dilma. O programa será exibido esta noite em rede nacional de rádio e televisão. Prestes a promover uma convenção nacional em março, quando pode debater o desembarque do governo Dilma Rousseff, o partido apresenta no comercial uma nova versão do Plano Temer, lançado no ano passado sob o título "Uma ponte para o futuro", e sinaliza uma candidatura própria à Presidência em 2018.

O Plano Temer 2 a ser lançado pela Fundação Ulysses Guimarães vai apresentar propostas "para manter e ampliar os ganhos sociais". A ideia é mostrar que o PMDB não se manteve inerte.

O partido usou o programa para exibir parlamentares que não haviam aparecido no último programa na TV, além de pré-candidatos do partido a prefeitos de capitais, como Pedro Paulo, no Rio, e Marta Suplicy, em São Paulo. A ideia, segundo o marqueteiro do partido, Elsinho Mouco, é mostrar busca da unidade e "não esconder ninguém, nem os que não vivem o melhor momento político". Ele explica que o programa não é de governo nem oposição, mas tem objetivo de atacar as causas da crise, "sem maquiar que o Brasil vem sofrendo com gestões equivocadas, com sucessivos desvios de conduta e tanta gente fazendo tanta coisa errada". Mouco destaca que o PMDB deseja "criar pontes e não muros" e por isso não usa do "argumento cansado do nós contra eles" - repetido na TV na noite desta terça na boca do ex-presidente Lula.

11 comentários:

Anônimo disse...

NÃO ATACA NÃO CARO POLIBIO. FALA EM MUDANÇA SEM MUDANÇA.

TUDO ESTRATEGICAMENTE COMBINADO COM PT, PARA EM NOME DE UMA 'UNIÃO NACIONAL' POR FIM A TODAS AS OPERAÇÃO DO MP E DA PF.

PANELAÇO SIM.

Emmanuel Carlos disse...

O Temer vai se dar mal porque ninguém quer saber de manter planos sociais; o que o povão quer é ver a quadrilha na cadeia!

Anônimo disse...

Palavras do marqueteiro do partido Elsinho Mouco:"Ele explica que o programa não é de governo nem oposição..." - Ou seja, o programa vai ser a cara do PMDB, não vai explicar nada, apenas confundir! Um programa que vai agradar os que são contra o governo e os que são a favor!

Enfim o programa do PMDB vai ser assim:
Um programa que promete não esconder nada daquilo do que já se sabe e expor claramente sobre aquilo tudo...que já se sabe! Atacar sem tréguas e sem meias palavras todas as causas daquilo tudo o que já se sabe... Propor e definir regras claras, com uma determinação que não medirá esforços para resolver tudo aquilo... que já se sabe...

Anônimo disse...

Que falácia, criticar uma situação, em que eles são protagonistas, que exercem a gestão em conjunto, é muita hipocrisia , e tem tolo que acredita ainda!

Anônimo disse...

Ataca seus compares, agora, para sair de anginho na bagunca que Sao responsaveis tambem.

Anônimo disse...

Nao existe e nao existira governo sem o PMDB,portanto o melhor para o RS e apoiar Eliseu Padilha para presidente que e gaucho do que ficar com o PSDB que e do eixo rio saopaulo ou com Marina uma desvairada que ainda nao se sabe a que vem.

Anônimo disse...

Esse partido, é um partido cafajeste. Só tem político HONESTO E ÉTICO, como o PT, dono da honestidade e da ética.

- Assim o PMDB fez qdo o governo Sarney estava no fim. O PMDB, se apresentou com discurso de OPOSIÇÃO. Não mudou nada, é o mesmo partido cafajeste. Agora depois de 14 anos no poder junto com o mais honesto dos partidos, ele(PMDB) sem apresenta novamente como oposição.

- Um conselho jovens deste Brasil, peguem mala e cuia e vão de muda para países em que deem valor ao trabalho(Canadá, Nova Zelândia, Austrália principalmente), pq aki neste país, dominada pela esquerda comunista, não existe futuro nenhum. Se por acaso, a quadrilha do mensalão/PETROLÃO largar o governo em 2018, em menos de 4 anos elles acabam com o governo eleito e voltarão a enfernizar o país em 2022.

- O país governado por essa quadrilha, é um país prá velhos, que não tem mais futuro e só esperam morrer, ao menos em paz.

elias disse...

11:06
Tem razão absoluta.
O PMDB é governo desde o tancredo neves!!!!!!!!

profesora.sonia@gmail.com disse...

De acordo anônimos das 11:06 e das 09:02. Desde o fim do governo militar, o pmdb só ajudou a AFUNDAR O BRASIL! Lembrem dos 5 anos amaldiçoados do Sarney!
Até hoje acredito que o Tancredo não faria um governo que prestasse. O pmdb é puro fisiologismo. É o partido do toma lá-da cá. Há 13 anos está mancomunado com o pt no projeto de manter-se no poder a qualquer custo e roubar o país.
PANELAÇO HOJE E ÀS RUAS DIA 13 DE MARÇO!

Anônimo disse...

KKKKK, MINHAS PANELAS SAO EXCLUSIVAS PARA O PT, KKK, FORA PT E CLARO FORA PMDB E PP DO PETROLAO, PP DO MALUF

Anônimo disse...

PMDB FALANDO DE ULYSSES GUIMARE= OH COITADO, ESTE PMDB DE RENAN , DO SENADOR REQUIAO DO PARANA, DE EDUARDO CUNHA.... NAO SAO O MESMO DO FALECIDO ULYSSES GUIMARAES E MAIS- ULYSSES GUIMARAES E TANCREDO NEVES ERAM INIMIGOS DE LULA, ESTE PMDB NAO DEVERIA MENCIONAR O NOME DO ULYSSES GUIMARAES, FORA PT, PMDB.. VOCES SAO DO GOVERNO, PMDB NAO É OPOSIÇAO , É ALIADO DOS PETRALHAS, SE VENDERAM POR CARGOS... MALEDITOS FRACASSADOS 7% PT E PMDB FORA