Cunha quer votar impeachment de Dilma até março

Não serão o recesso parlamentar de janeiro nem as dúvidas que ainda pairam sobre o rito do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff imposto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que farão o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dar descanso ao Palácio do Planalto. Ele espera que até o fim de março a Casa já tenha enviado ao Senado a decisão sobre o afastamento da presidente. 

Para isso, antes mesmo da publicação do acórdão (decisão) pelo STF, vai apresentar embargos de declaração para esclarecer dúvidas em relação ao rito do procedimento. Argumentou haver jurisprudência suficiente para sustentar a apresentação de recursos antes da publicação. “Vamos embargar, apesar da ressalva feita pelo presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, de que não há uma pacificação”, afirmou.

Mas a certeza de que Dilma não teria chances de escapar de um impedimento está balançada. Ele já considera que o governo possa garantir os votos de um terço dos 513 deputados para encerrar o processo ainda na Câmara: “O Palácio consegue um terço (do plenário) para barrar o impeachment? Pode ser que sim. Mas não será com um terço da Casa que manterá a governabilidade até o fim do mandato”.

6 comentários:

Anônimo disse...

só engana trouxa. nada vai mudar. teremos anos difissílimos.

maduro decreta a poibição de demissões até 2018. o mesmo irá acontecer por cá.

Anônimo disse...

com dilma já com um pé no pdt, articulam lula pelo pt em 2018.

Anônimo disse...

dilma fica até 2018, vai para o pdt.

lula ficará na mídia por 'atos não provados' > será candidato e com apoio do pmdb e
restante da oposição, + urnas = vence

Anônimo disse...

Na verdade Cunha joga com os parlamentares que estão dispostos a apoiar Dilma. Quem estiver neste 1/3 estará contra os outros 2/3 a favor do impeachment. Suas necessidades não serão atendidas, esta é a mensagem!

Anônimo disse...

Só o lunático editor ainda acredita no impeachment.
Editor, morra abraçado com Cunha e seus paus mandados (Perondi, Osmar Terra, Alceu Moreira, Fogaça, Heinze...)

Anônimo disse...

Caraca q quadros maravilhosos. Administradores de mao cheia. Alguem tem ai as presencas destas sumidades neste ano de 2015 na câmara? Um passa mais pensando em baseado no uruguay do q legislando. Tem o poeta. Tem o anti indios e lesbicas do partido limpinho. O kra de ijui q nunca fez nada por ijui gosta mesmo de se meter na fgf. E o tropa de choque do britto. Junta tudo mistura e ...