Assembléia gaúcha votará esta tarde o fim das pensões para ex-governadores do Estado

Os deputados estaduais gaúchos poderão votar 11 matérias na sessão desta tarde da Assembléia do RS.

Um dos deputados aptos a votar é Mário Jardel, PSD, que está com seu mandato para ser cassado a qualquer momento.

O editor destaca entre todos os seguintes três projetos:
  • PL 22/2015, de Any Ortiz (PPS), limitando a concessão de subsídios a ex-governadores. Pela proposta, os ex-governadores que tiverem exercido o cargo em caráter permanente terão direito a um subsídio mensal, a título de representação e igual ao vencimento de Desembargador do Tribunal de Justiça, pelo período de quatro anos após o término de seu mandato.
  • PR 28 2015 Projeto de Resolução da Mesa Diretora, especificando as situações em que os afastamentos do deputado implicam em exoneração ou dispensa de servidores.
  • PR 30 2015, da Mesa, adequando e redistribuindo algumas atribuições de setores da Assembleia, com o objetivo de dinamizar e aprimorar os serviços administrativos.

4 comentários:

Anônimo disse...

Tem que terminar, porque o povo pode pagar mais caro e estes para ferrar o estado ganham pro resto da vida?????

Anônimo disse...

Este projeto da Ortiz e inconstitucional como e incontitucional o recebimento de qualquer subsidio ou aposentadoria a governador pois fere a constituiçao de 1988. A OAB esta com Açao Direta de Incontitucionalidade sendo julgada no supremo ela esta jogando para midia e tentando salvar os dedos pois os aneis ja se foram; trabalha sim para os governadores que a estao usando tanto e que em nenhum momento ela fala da ADI da OAB no supremo.E nem o editor quer fala r sobre o assunto.

Anônimo disse...

Essa aposentadoria indecente deveria acabar para todos os governadores, vices, vereadores, deputados,... Aqui em SC o falecido ex-governador Luiz Henrique da Silveira chegou a renunciar alguns meses antes o seu mandato e, assim, fazer suas campanhas de reeleição dando oportunidade para o vice reinar durante alguns meses e depois receber uma bela aposentadoria. Os governadores aposentados do meu estado recebem R$ 33.000,00. Em caso de falecimento, a viúva fica bem "amparada". É uma imoralidade! Ah, ia esquecendo, os dois vices contemplados são Eduardo Pinho Moreira e um nascido em Carazinho e "ganhou" a vida em Balneário Camboriu, putz, não recordo o nome desse tchê.

Anônimo disse...

Se o ex-governador possui outra fonte de renda eu acho muito justo.