Até fora do Brasil Janot e ministro da Justiça de Dilma mantiveram encontros secretos

A repórter Andréia Sadi, revela hoje na Folha de S. Paulo que o Ministro da Justiça do governo Dilma, José Eduardo Cardozo, teve encontros secretos com procurador Rodrigo Janot até no exterior. Janot depende da boa vontade de Cardozo e de Dilma para um novo mandasto na PGR. Ele está sendo fustigado diretamente por líderes políticos como Aécio Neves, Renan Calheiros e Eduardo Cunha, que os acusam de operar como serviçal do governo do PT no caso da Lista do Janot, que incluiu dezenas de deputados e senadores do PP e do PMDB, mas "esqueceu" do PT, o verdadeiro maestro e dono da orquestra de ladrões do Petrolão. 

Leia tudo|: 

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, encontrou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em Buenos Aires, na Argentina, fora da agenda e durante viagem oficial, em um sábado de novembro do ano passado.

A reunião, um almoço na área turística de Puerto Madero, ocorreu no dia 22. Três dias depois, procuradores desembarcaram na Suíça atrás de contas que foram usadas, de acordo com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, para a Odebrecht pagar a ele suborno de US$ 23 milhões, o que a empreiteira nega.

Na semana anterior ao encontro, no dia 14, a Polícia Federal, subordinada a Cardozo, havia deflagrado a fase da Operação Lava Jato que levou executivos das principais empreiteiras do país à cadeia.

Perguntada sobre o encontro com Janot, a assessoria de Cardozo informou inicialmente à Folha que o ministro viajara à Argentina naquela data para encontro com o ministro da Justiça e da segurança pública da Argentina.

Questionada novamente por telefone e email sobre a reunião, a assessoria, então, confirmou num segundo momento o ''encontro pessoal'' do ministro com o chefe do Ministério Público, que estava na cidade para encontro de procuradores do Mercosul.

Segundo o Ministério da Justiça, Cardozo e o procurador-geral ''mantiveram contato'' e, juntamente com a mulher de Janot, se encontraram para um almoço no dia 22. ''Não houve registro em agenda por não se tratar de encontro oficial''. A assessoria nega qualquer discussão sobre a Lava Jato.

A reportagem contatou a assessoria de Janot desde quinta (5), mas não obteve resposta.

Este é o segundo encontro de Janot e Cardozo que não consta na agenda de ambos. No último dia 26, a Folha revelou que eles estiveram juntos às vésperas da apresentação, por Janot, ao STF (Supremo Tribunal Federal) dos pedidos de abertura e arquivamento de inquéritos

12 comentários:

Anônimo disse...

Quer dizer que temos um Procurador Federal, nomeado pela ANTA DILMA, que se encontra em "duas" oportunidades, ao menos, com o "porquinho" nomeado pela ANTA DILMA, sem querer, querendo o encontro, que ocorreu fora do país, no meio do lamaçal do Petrolão. Lugar próprio, porque "porquinho" gosta mesmo de lamaçal. O que discutiram, foi o viés de tirar a DILMA e o LULA, do meio da estrepolia. Só matando essa gente. O ministério público, mal representado. Quanto levou de R$R$R$R$ ou $$$$$$$$ mesmo?

Anônimo disse...

Nesta lista de Janot há algo muito intricante. No cenário político do Brasil dos últimos anos, o RS é um mero coadjuvante, pouco atuante e não tem poder nenhum. Por que há alta concentração de gaúchos do mesmo partido nesta lista? Que poder de barganha teriam deputados gaúchos para pleitearem poupudas mesadas vindas de Brasília , via Petrobrás?

Anônimo disse...

O PT E O JUDICIÁRIO PETISTA DERAM UM GOLPE DE MESTRE!

FIZERAM O POVO PENSAR QUE OS JUÍZES DO PARANÁ ESTAVAM PROTEGENDO O POVO DAS ROUBALHEIRAS E, ESTES ESTAVAM ARMANDO CONTRA O POVO BRASILEIRO.

AGORA DERAM UM GOLPE BOLIVARIANO COMUNISTA NO LEGISLATIVO E IMPLANTARAM O COMUNISMO.

O PRÓXIMO PASSO SERÁ EXECUÇÕES E ASSASSINATOS COMO EM CUBA, VENEZUELA, ARGENTINA....

ESTAMOS NUM ESTADO COMUNISTA-TERRORISTA COMO SEMPRE AS ESQUERDAS SONHARAM: PDT, PCs PT, PSOL,PSB, E, OUTROS.
MAS O PT VAI EXPURGAR E, MATAR TODOS OS OUTROS PARTIDOS ESQUERDISTAS E FICAR SOMENTE ELE COMO EM CUBA, VENEZUELA, EX-URSS...

DE QUEM É A CULPA: PP; PMDB; PSDB; E DOS PARTIDOS DE ESQUERDA ALINHADOS AO PT.

Anônimo disse...

Repita uma mentira varias vezes e ela pode se parecer uma verdade,a piada da imprensa é que Levy e um cara de direita e liberal e que Janot é isento,ambos comunas a serviço da máfia comuna.

Anônimo disse...

Logo ficará escancarado que quem montou essa lista foi o palácio do planalto.

Anônimo disse...

Os dois com a mão na frente da boca para evitar a leitura labial,
que se decifrada mostraria as
patifarias que estavam tramando.
O Janot foi ESCOLHIDO E NOMEADO
PARA O CARGO pelos petralhas e
só assumiu com o compromisso de
executar todas as sujeiras que fosse mandado e ainda sugerir
coisas cabeludas para agradar quem lhe pos no cargo.
Para ser Procurador dos Petrahas
tem que mentir igual ou mais que os PATRÔES PETRALHAS, senão RUA,
JANOT!

Anônimo disse...

Se os políticos gauchos são tão inexpressivos assim, anônimo das 09:09, então por que as empreiteiras financiaram as suas campanhas? Por caridade?

Anônimo disse...

Sobre o JOG entrar na lista, todos sabem da sua pequena reputação, sempre fazendo M seja na política ou no Grêmio. Agora tentar detonar o Jerónimo e o Heize, isto cheira as próximas eleições do RS. Já que a petralhada não consegue alavancar as antas incompetentes do Pepe, H.Fontana e cumpanheiro Rossetto, que puxem então pra baixo os adversários diretos...vimos está história com Yeda e deu no que deu: ela inocentada em TODOS os processos e nós ganhamos de presente o embusteiro, aquele poeta da "mão cheia", do tarso!!!

Anônimo disse...

Estive pensando: se todos, inclusive eu, optam por se identificar como anônimos, há medo no ar. Se há medo, creio que já estamos a temer uma nova ditadura, no caso, do Partido dos Trabalhadores. É histórico partidos ditos de esquerda tentam dividir a riqueza entre si e distribuir a pobreza pelo resto do povo. Deus nos livre...

Anônimo disse...

Estive pensando: se todos, inclusive eu, optam por se identificar como anônimos, há medo no ar. Se há medo, creio que já estamos a temer uma nova ditadura, no caso, do Partido dos Trabalhadores. É histórico partidos ditos de esquerda tentam dividir a riqueza entre si e distribuir a pobreza pelo resto do povo. Deus nos livre...

Anônimo disse...

Estive pensando: se todos, inclusive eu, optam por se identificar como anônimos, há medo no ar. Se há medo, creio que já estamos a temer uma nova ditadura, no caso, do Partido dos Trabalhadores. É histórico partidos ditos de esquerda tentam dividir a riqueza entre si e distribuir a pobreza pelo resto do povo. Deus nos livre...

Anônimo disse...

Estive pensando: se todos, inclusive eu, optam por se identificar como anônimos, há medo no ar. Se há medo, creio que já estamos a temer uma nova ditadura, no caso, do Partido dos Trabalhadores. É histórico partidos ditos de esquerda tentam dividir a riqueza entre si e distribuir a pobreza pelo resto do povo. Deus nos livre...