Tractebel confirma início da construção da usina de R$ 1,8 bi de Candiota

A Tractebel, empresa controlada pelo grupo belga que vendeu a Refinaria Pasadena para a Petrobrás, confirmou neste final de semana que colocará em operação sua usina térmica a carvão de Candiota, a Pampa Sul, em janeiro de 2019, investindo ali R$ 1,8 bilhão. A chinesa Sdepci construirá a usina de 340 MW.

. O empreendimento será formatado para permitir investimento de igual valor, capaz de duplicar a produção de energia.

3 comentários:

Anônimo disse...

Há anos desenvolvo trabalho voluntário de proteção e educação ambiental em Candiota e lamento o dano ambiental a ser causado pela implantação de mais uma termelétrica no município. Sobretudo as perdas de matas nativas e fauna nas áreas a serem alagadas para a construção do reservatório de água da usina.
Lamento que o carvão, uma matéria prima valiosa e esgotável, que poderia ser explorada de outras formas muito mais inteligentes e rentáveis, seja explorado da maneira mais rudimentar e menos valiosa: queimado.
Mas também é lamentável observar a falta de visão e o atraso renitentes.
Enquanto na nossa região insistem em queimar carvão para gerar energia, em outras regiões, pessoas com mentalidade mais avançada e capacitada conseguem implantar a geração de energia solar, inesgotável e limpa.
No mesmo leilão em que foi contratada mais uma usina termelétrica que queimará carvão em Candiota, foi contratada quantidade três vezes maior de usinas de geração solar, inesgotável e completamente limpa.
Houve ainda a contratação de quantidades maiores de outras formas de geração de energia.
O potencial para geração de energia solar na nossa região em certos períodos do anos se iguala ao dos estados mais ensolarados do nordeste, enquanto o potencial para geração de energia eólica é dos maiores do Brasil o ano todo. Sem falar no potencial para a geração de energia termelétrica por queima de biomassa...
No entanto, as forças que comandam a região decidiram insistir na forma mais rudimentar de exploração de carvão... E conseguiram!
Não surpreende...
Ricardo Saravia

Anônimo disse...

Chineses, em Candiota, la vem roubo de cavalo e cachorros.....

Anônimo disse...

e o investimento em Rio Grande não merece registro porque?