PDT até pode apoiar, mas quer mais full disclosure nas discussões com Sartori

Será hoje a reunião do PDT do RS (Executiva e deputados) para definir se o Partido integrará ou não o governo Sartori, PMDB.

. O presidente nacional, Carlos Lupi, estará presente.

.Há pouca resistência, quase todas de aliados do PT, mas até o horário da reunião o PDT terá que encontrar respostas para duas questões e uma delas envolve Sartori. Diz Carlos Lupi:

- Ele só disse que quer Vieira da Cunha na secretaria da Segurança, mas no governo Tarso tivemos três secretarias.

. Além disto, os trabalhistas querem candidatura própria na prefeitura de Porto Alegre em 2016, o que os levaria a disputar com o atual vice-prefeito, Sebastião Mello, que é do PMDB.

3 comentários:

Anônimo disse...

O QUE O JORNALEIRO QUER AQUI? TODOS QUE VOTARAM EM SARTORI FICARAM CONTRA DILMA CARABINA E O JORNALEIRO ESTÁ COM ELA, O LUGAR DELE É EM BRASILIA.

Anônimo disse...

Indicar nomes do PDT para integrar o governo Sartori, qual a razão. Eles não integraram a campanha.O Vieira da Cunha foi candidato a governador. Fez um merreca de votos.Não vejo razão nenhuma para o Vieira da Cunha ser Secretária da Segurança, não entende nada disso. Ele só faz é muita gritaria.E mais, indicar derrotados para cargos públicos e querer arrumar um salário para quem não tem competência. Para com isso Sartori... essa turma do PMDB vai te engulir, aliás já está, com Fogaça, Ibsen, Schirmer-Kiss, Simon e outras raposas felpudas não vão piorar as coisas e vão sair do governo dizendo que tu é um gringo que não entende nada.....aliás.....

Anônimo disse...

A manchete me deixou com uma dúvida: o PDT quer mais disclosure ou full disclosure?