Governo federal arrecada no RS o dobro do que consegue recolher o governo do RS com seu ICMS

A arrecadação das receitas federais administradas  pela Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB e de outras receitas recolhidas por Darf ou GPS, porém administradas por  outros órgãos), atingiu o valor de R$ 4.022 milhões no mês de março no RS,  com significativo aumento de 12,7% na comparação com março de 2013, e de 1,7% quando comparada a fevereiro de 2014. Corrigida pelo IPCA, a arrecadação de março supera em 6,1%  idêntico mês de 2013.


. O valor representa o dobro do que o governo estadual arrecada com o ICMS, embora tenha responsabilidades infinitamente maiores.

5 comentários:

Anônimo disse...

E de São Paulo então,retorno próximo a Zero.

Anônimo disse...

Não é privilégio deste ou aquele governo, os estados mais ricos arrecadam mais, logo pagam mais, os impostos foram criados por lei, onde estavam os Parlamentares do RS e SP quando a Lei foi criada?

Anônimo disse...

Políbio,

O retorno é insignificante e o grosso vai para o Norte-Nordeste!!

JulioK

Anônimo disse...

Esse é o "Pacto Federativo"! Eu me lembro que quem começou com esse papo de pacto federativo foi o petralha Tarso quando o FHC era presidente, e ele, vivia cobrando o tal pacto, e agora que ocorreu o "alinhamento das estrelas" eu não ouço mais ele usar esta expressão!
O Atraso Genro deveria usar agora a expressão o "inPacto Federativo" nas finanças do Rio Grande Do Sul, que passa a mão nos nossos recursos e manda pro Nordeste!
Nada melhor que um dia depois do outro para desmascarar um petralha!

Anônimo disse...

Maior parte fica em Brasilia e outra parte vai para o NORDESTE!