Entrevista, Jerônimo Goergen, deputado PP do RS - Tarso e Dilma devem ser responsabilizados pelas mortes dos irmãos Souza

ENTREVISTA
Jerônimo Goergen, deputado Federal, PP do RS

Índios assassinos produziram a morte dos agricultores familiares Anderson Souza e Alcemar Souza. Os irmãos foram assassinados a tiros por índios da etnia kaigang que reivindicam a demarcação de terras indígenas na região. O crime ocorreu no município gaúcho de Fazinalzinho, localizado no norte do Estado. O que o senhor pensa disto ?
A responsabilidade é dos governos gaúcho e federal pelo desfecho trágico.

Por que razão ?
Há pelo menos dois anos estamos alertando os governantes para a escalada da violência no campo. E eles permanecem de braços cruzados, muitas vezes fomentando a disputa.

Eles não agiram ?
O governador Tarso Genro, a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, não podem fugir de suas responsabilidades. Se hoje choramos as mortes do Anderson e do Alcemar é pela completa falência dessa política indigenista

O mal está feito. E o futuro ?
A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) apresentou diversas propostas para solucionar o impasse na demarcação de terras indígenas e nenhuma delas foi aceita pelo Palácio do Planalto. Sugerimos a regulamentação do § 6º do artigo 231 da Constituição Federal, propondo regras claras ao definir os bens de relevante interesse público da União para fins de demarcação. O governo não nos deu ouvidos. Agora, se o governo quer criar reservas, que compre as terras dos agricultores. Do contrário, as lavouras continuarão sendo manchadas de sangue.


9 comentários:

Anônimo disse...

E os índios que foram mortos pelos agricultores, quem vai ser responsabilizado? O Dep Jeronimo (nome de índio), que representa os estancieiros?

Jose Manoel Vega Garcia disse...

não concordo com qualquer tipo de violência no campo mas o partido dele tem colaborado muito para isto exemplo deputado federal LUIS CARLOS HEINZE. ou ele se esqueceu das declaraçãoes do mesmo.

Anônimo disse...

Tem algum produtor rural que foi preso por ter matado indo e sem-terra? Resposta não.

Antes que falem: os Sem-Terra que mataram o PM Vsldeci foram presos em flagrante, condenados e cumpriram/cumprem pena.

Biriva do Cerro do Tigre disse...

Essa história de índios, a verdade que não há mais tribo indígena no RS.

A miscigenação eliminou as etnias indígenas no RS. Índio original somente na Amazônia e esses querem progredir e produzir. Tem índio explorando minas e com celular.

Os ditos kaigangs eram restritos a alguma reserva no noroeste do RS, e agora surgem acampamentos em tudo que é lugar do estado, qualquer bugre ou pelo duro diz que é índio e logo a Funai já sai procurando área para assentar.

Basta botar um cocar e começa falar que nem índio e já se acham oriundos do Sepé Tiaraju.

Aqui uma bando de índios querem terra para arrendar para granjeiros plantar e ganhar uma merreca que pague suas cachaçadas.

Tem muito granjeiro grande atrás desses movimentos para usar as terras desses ditos índios.

Além de ong's internacionais que querem amarrar o pais e evitar de ser o maior produtor de alimento do mundo. A casa de Windsor (príncipe guampudo Charles e a rainha múmia Elizabet)comandam esse movimento indígena. Visando criar nações indígenas.

Há muito petralha dizendo besteira aqui!!!

Anônimo disse...

Ué,não é proibido ter armas no Brasil? Ou só índios e bandidos tem esse direito?Com a palavra o Ministro da Justiça.

elias disse...

PP não é um partido que faz parte em brasilia da quadrilha no poder?Me engana que eu gosto!

Anônimo disse...

Políbio,

Impressionante os comentários acima.

Parece que um crime justifica outro!!

Indios são brasileiros. O resto é papo furado de PT!!

JulioK

Gilmar disse...

É triste quando a pessoa emite opinião cuspindo sangue nas palavras. Latifundiário é o filho do lula que de examinador de cocô no zoológico passou a ser multimilionário durante os 8 anos de desastre brasileiro des-administração " mulla". O Zeca do pt que tem várias fazendas no Mato Grosso. O próprio bebedor de cachaça de guarunhús que NUNCA trabalhou na vida e é bilionário. Os agricultores mortos em faxinalzinho eram trabalhadores e aqueles índios sem vergonha são ums boa vidas que vivem parasitando e vivendo as custas do produtor rural.Comunista não tem jeito mesmo, são igual a Iena, come merda e ri.

Anônimo disse...

Lamentável o Fato. Dep Jerônimo tem razão, pois o governo atual falta atitude, são especialista em emburrar com a barriga, porém nas cuecas vcs sabem o q eles tem..