Só 5% das obras da Copa estão prontas

A apenas um ano do começo da Copa das Confederações de 2013, e a dois da Copa de 2014, apenas cinco das 101 obras do Mundial foram entregues. Juntas, elas tiveram um investimento de R$ 200 milhões, menos de 1% dos R$ 27 bilhões previstos para os estádios, aeroportos, portos e obras de mobilidade urbana.

. Até abril deste ano, outras 55 obras ainda estavam em andamento e 41 não tinham saído do papel. Os números fazem parte do terceiro balanço das ações do governo brasileiro para a Copa, divulgado ontem pelo Ministério do Esporte.

. Das 55 obras em andamento, 12 são estádios. Desses, apenas quatro superaram a metade das obras: Castelão (Fortaleza), Fonte Nova (Salvador), Mineirão (Belo Horizonte) e Mané Garrincha (Distrito Federal). A mobilidade urbana tem 55% das obras iniciadas. As cinco obras concluídas são melhorias nos aeroportos de Porto Alegre, Guarulhos, Campinas e Cuiabá.

5 comentários:

Anônimo disse...

Estão praticamente jogando no lixo a Lei 8.666/93 ( que regulamenta as licitações ) para "flexibilizar" o andamento das obras e a liberação "forçada" de recursos públicos, cujos custos serão evidentemente majorados por conta da urgência fabricada intencionalmente...

Anônimo disse...

E ainda querem convencer a sociedade de que não há financiamento público de campanhas ???

Muito simples : basta superfaturar as obras, drenando recursos públicos, que voltam depois para os partidos por meio de doação das empreiteiras às campanhas eleitorais.

Anônimo disse...

Então sairam do zero! Concluimos por restarem APENAS 95%.

Tarso e Dilma já procuraram por Chapulim Colorado para nos ajudar e assim completar os 95% até a CUP.

Anônimo disse...

Cinco porcento das obras da copa prontas e quantos porcento das creches prometidas por Dilma em campanha já estão prontas? Campos de futebol podemos viver muito bem sem, mas e as creches?

Anônimo disse...

Imaginem a pressa para concluir, vai ser uma festa !