Bolivianos pedem ajuda contra "ditadura" de Evo

Após percorrer Uruguai e Paraguai em busca de ajuda, parlamentares bolivianos agora recorrem ao Brasil para pedir apoio na luta contra a violação de direitos humanos no governo de Evo Morales.

. Segundo o deputado boliviano Adriãn Oliva, o número de perseguidos políticos chega a mil no país, que possui mais de quinhentos refugiados e cem presos políticos. “Vivemos numa ditadura velada”, denuncia.

7 comentários:

Anônimo disse...

Este filme já foi visto.

Deficiencia mental dos latinos é evidente.

Anônimo disse...

Basta aprenderem a votar, e não vão aprender isso no Brasil ...

Deveriam ir à Alemanha, por exemplo.

Anônimo disse...

Concordo como o anônimo acima, realmente na Alemanha as coisa andam bem, apesar das críticas. Assisti ontem a Globo News e, conforme comentaristas econômicos, no caso de bônus, o fiador será a Alemanha. Talvez por isso não gostem deles, mas precisam deles. Apanharam durante as duas guerras, aprenderam e agora fazem as coisas certas. Espero que o resto do mundo não tenha que percorrer o mesmo caminho para acertar o passo.

Anônimo disse...

A América Latina é sempre a mesma, mudam os personagens mas a essência é sempre igual. Em breve teremos novidades em todos esses países, aguardem.

Anônimo disse...

VIERAM PEDIR AJUDA PARA O PT?

Aquiles disse...

Esperar que povos latrineiros como os brasileiros et caterva se mirem no alemães é o mesmo que esperar que lesmas devorem um crocodilo do rio Nilo.

É pura ilusão. Ou retardamento mental.

Daniel disse...

Interessante é que quando os brancos, que governavam a Bolivia, vendiam as reservas a preco de bananas e em troca de propina, nao aparecia jornaleiro pra "lembrar" que a Bolivia existe.