Tarso adere às PPPs. Presídio novo de Canoas projetado por Yeda poderá sair.

Depois de um ano e quatro meses no cargo e sempre repelindo a ideia de adotar Parcerias Público Privadas, PPPs, no Estado, durante seu mandato, finalmente o governador Tarso Genro rendeu-se à realidade da falta de dinheiro para tocar grandes obras inadiáveis nas áreas de infraestrutura material, e assinou decreto criando o Conselho Gestor das PPPS. O decreto saiu no Diário Oficial desta segunda-feira.

. O governo fez vazar a informação de que quer PPP para a RS-010 e para a rodoviária de Porto Alegre, mas sabe-se que por trás do movimento inesperado está o desejo de restabelecer a aliança acertada durante o governo Yeda Crusius, que alinhavou a construção de um mega-presídio em Canoas. O projeto foi apoiado por todos os prefeitos do PT da Grande Porto Alegre, inclusive o de Canoas.

- Caso não tivesse boicotado o projeto do novo presídio de Canoas, o governo já estaria na iminência de desafogar parte dos presos que superlotam o presídio central. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Ah é
Tarso "Esperma Derramado" Genro deu o braço a torcer ?

Como vai dourar esta ?

Não são as PPP's da Yeda, são as PPP's do Lulla ?

Luiz Vargas disse...

O embu$teiro far$ante da concertação e da trans$ver$alidade é uma verdadeira metamorfose ambulante: diz uma coisa e faz outra, promete o céu e dá o inferno para os trabalhadores em educação, assina uma lei e depois declara a lei um absurdo.
Os botocudos estão assistindo e sentindo "real time" o exemplo peremPTório da dimensão que a canalhice e a falta de princípios éticos e morais pode assumir em toda sua vastidão.