50% acham positiva participação dos militares no governo Bolsonaro, diz Paraná Pesquisas

50% dos brasileiros acham positiva a participação de militares em altos cargos do governo Bolsonaro, contra 36,4% que acham negativa.

Eis os números apurados pelo Instituto Paraná Pesquisas, conforme nota que o editor acaba de receber:

A favor, 50%
Contra, 36,4%?
Indiferente, u7,6%
Não opinou, 5,8%

Entre outras perguntas, Paraná Pesquisas quis saber se a participação dos militares representa um risco de golpe. 62,1% responderam que não.

CLIQUE AQUI para examinar toda a pesquisa, que oferece outros resultados sobre outros assuntos.

26 comentários:

Anônimo disse...

Eu também considero positiva a participação de militares. Quem está preparado, treinado para guerras, é bom em tudo. Falando em guerra, e estamos em uma, justo agora parece que as máquinas que produzem vacinas na Fiocruz estão com defeito, não produzem as tão necessárias vacinas, ninguem lá está conseguindo descobrir o parafuso certo para apertar. Militares consertam desde armas até tanques e canhões. Será que eles, na Fiocruz, não dão um jeito?

Joel Robinson disse...

Uma coisa é participar mas neste caso é um tiro no pé sendo conivente com um crapula calhorda miliciano negacionista e genocida. Que se alia ao demônio vende sua alma. Quando o povo acordar vão executar os militares. Sempre foi assim na inexorabilidade da história da humanidade. Quem viver verá...

Anônimo disse...



PELA DEMOCRACIA DIZ:

GRAÇAS A DEUS E AOS MILITARES DO SOLDADO AO MARECHAL QUE TEMOS ESTES GRANDES HERÓIS Q NÃO ESTAMOS COMENDO O PÃO CUBANO E OUTROS. PRESTAM RELEVANTES SERVIÇOS AO POVO BRASILEIRO EM TODAS AS ÁREAS, PRINCIPALMENTE LÁ PRO NORTE E RIBEIRINHOS DO AMAZONAS EM Q A MARINHA EM SEU NAVIO HOSPITAL DÃO ASSISTÊNCIA MÉDICA ATÉ COM PEQUENAS CIRURGIAS.
AS FORÇAS ARMADAS DEVERIAM TER UM CANAL DE TV PRA MOSTRAREM AO POVO O QUANTO ELES SÃO EXTREMAMENTE ÚTEIS NAS SUAS AÇÕES, POIS TÊM PROFISSIONAIS ALTAMENTE QUALIFICADOS EM TODAS AS ÁREAS, POIS SÃO EXIGENTES NAS QUALIFICAÇÕES
DESDE DO INÍCIO DA PANDEMIA DO CORONA OS MILITARES ESTÃO EM CAMPO EM TODO O BRASIL, MAS INFELISMENTE CERTAS MÍDIAS NÃO DIVULGAM.
SAÚDE E PAZ A TODOS

Anônimo disse...

Militares no governo recebendo dinheiro público para torrar bilhoes na produção de cloroquina, exaltar o negacionismo e o não uso de máscaras e agora propagandear o "tratamento preventivo" contra a Covid, kkkkk.
Brasil vergonha mundial!!!

Anônimo disse...

O Brasil tinha que acabar com as Forças Armadas. É muito gasto para pouco retorno.

Anônimo disse...

so isso?

mas esse povo gosta de ser roubado?

deveria ser, no minimo, uns 80%, porque vejam se ha escandalos de corrupção no governo...

e acreditem, com essa imprensa perseguidora, se houvesse, ja teriam descoberto, nao?

é tudo o que eles querem, tanto que, na falta de roubos, problematizam qualquer coisa para ter o que falar mal do governo...

um governo discreto, austero, trabalhador, sem fanfarrões que gostam de aparecer para fazer carreira politica...

Anônimo disse...

Altamente recomendado e positivo, somente a petezada comunista corrupta não quer. E os comunistas do PSDB.

Anônimo disse...

A gente não vê esses caras roubando como o PT fazia, então tá Td bem!

Anônimo disse...

Muito positivo! É só ver a grande gestao de pazzuelo hauahauhauahuahauahuahauh

Anônimo disse...

O problema das máquinas da Fiocruz não está nos parafusos, está na cor delas...

Anônimo disse...

Faz um mês que os insumos chegaram, ô parafuso difícil de ser encontrado.

Anônimo disse...

Empresário estadunidense que participou da invasão ao Capitólio ganha licitação no governo Bolsonaro:

Dan Beck ganhou uma licitação de R$ 11,7 milhões do governo federal para blindar viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Conhecido militante trumpista, integrou uma reunião especial que planejou a invasão do Capitólio. O encontro se deu em 5 de janeiro e contou com a presença de Eduardo Bolsonaro

8 mar 2021

247 - A empresa Combat Armor Defense do Brasil, cujo presidente é Dan Beck, conhecido militante trumpista e participante da invasão ao Capitólio, ganhou uma licitação de R$ 11,7 milhões do governo federal para blindar viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), órgão subordinado ao Ministério da Justiça.

O valor do contrato é R$ 11.7 milhões, e esta é a segunda licitação vencida pela empresa no governo Bolsonaro. Em 24 de novembro de 2020, uma caminhonete blindada no valor de R$ 273 mil foi contratada.

Conhecido militante trumpista, Beck integrou uma reunião especial que planejou a invasão do Capitólio. O encontro se deu no dia 5 de janeiro, véspera do ataque, e contou com a presença também de Eduardo Bolsonaro. O caso é ainda mais grave porque Eduardo é presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

Dan Beck esteve presente em Washington, no Trump International Hotel na véspera da invasão ao Congresso dos EUA e postou vídeo em suas redes sociais dizendo que havia se encontrado com Rudolph Giuliani, advogado de Trump, e com Michael Lindell, CEO da empresa Mypillow, conselheiro de Trump.

A empresa Combat Armor Defense se instalou no Brasil em 2019, em Vinhedo (SP), após a eleição de Jair Bolsonaro.

As informações foram reportadas em O Estado de São Paulo.

Anônimo disse...

Para governo Biden, descontrole da pandemia no Brasil é uma ameaça a todo o mundo:

Uma ameaça global. É assim que a imprensa dos EUA retrata a atual situação da pandemia de coronavírus no Brasil, ecoando a preocupação do governo Biden e de cientistas sobre os efeitos do descontrole da propagação de uma nova variante da Covid-19 no País

8 mar 2021

247 - No momento que a maioria dos países vacina suas populações e a Covid-19 diminui o poder de propagação, o Brasil segue na contramão do mundo. Há enorme preocupação no governo Joe Biden e de cientistas nos EUA sobre os efeitos do descontrole da propagação de uma nova variante do vírus no País.

“Enquanto a pandemia continuar a crescer, ninguém estará a salvo”, disse o porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price, em coletiva de imprensa, ao comentar a grave situação que o Brasil enfrenta.

Segundo reportagem do jornal Estado de S.Paulo, em pronunciamentos e entrevistas recentes, o principal infectologista do governo americano, Anthony Fauci, tem ressaltado que a cepa variante da Covid-19 “P.1”, que surgiu em Manaus, está associada a uma maior transmissibilidade e à preocupação de que a mutação possa interromper a imunidade induzida naturalmente e pela vacina.

Anônimo disse...

Bolsonaro pode ser afastado da gestão da pandemia:

08.03.21 - O Antagonista

O golpe sanitário está sendo armado pelo Congresso Nacional, pelo STF e pelos governadores.

“Em meio à omissão, ineficiência e negacionismo de Jair Bolsonaro em um ano de pandemia, articula-se em Brasília um arranjo para colocar a cúpula do Congresso no comando do combate à crise da Covid-19, com o respaldo de governadores e até a participação do próprio ministro da Saúde”, diz a Folha de S. Paulo.

Entre governadores, há quem defenda que a mobilização deveria isolar completamente o governo federal, deixando inclusive Pazuello de fora. João Doria escreveu no grupo de WhatsApp dos gestores que é contra qualquer relação com genocidas, mentirosos e incompetentes, segundo suas palavras.”

Flávio Dino discorda de João Doria. Ele disse para a reportagem:

“Se o governo federal não quiser participar, vamos ao Supremo para obrigá-lo. Entre os direitos de quem exerce a presidência da República não está o de se omitir criminosamente.”

O plano é transformar Jair Bolsonaro na rainha da Inglaterra em assuntos relacionados à pandemia.

Anônimo disse...

Prefiro 1 milhão de vezes Miltares, Que são preparados e com boa instrução do que ex terroristas e ou sindicalistas sem instrução e despreparados.Não tenho preconceito, só acho que para assumir um cargo Público deve passar por um crivo instrução de qualidade, para Vereador deveria ter o 3° Gra

Anônimo disse...

Anônimo das 10:43 hs, VC está perdoado, não sabe o que fala.

Anônimo disse...

Site voltado ao público da Faria Lima pede impeachment de Bolsonaro e diz que, por muito menos, Dilma foi derrubada:

8 mar 2021

247 – O site Brazil Journal, uma das referências para os investidores da Avenida Faria Lima, em São Paulo, defende, em editorial, o impeachment de Jair Bolsonaro, uma vez que ele já cometeu diversos crimes de responsabilidade e representa uma ameaça existencial aos brasileiros. O texto é uma sinalização de que, mesmo com Paulo Guedes, ele vem perdendo apoio no chamado "andar de cima". Leia abaixo:

Os crimes do falso Messias

Do Brazil Journal – Jair Bolsonaro perdeu qualquer condição moral para continuar governando o País. Sua remoção do cargo é uma questão de saúde pública, de vida ou morte para milhões de brasileiros.

As cenas da comitiva brasileira aceitando usar máscara em Israel chocam por sua perversidade.

Aqui dentro, o Governo zomba do distanciamento social, se irrita quando alguém se apresenta de máscara e — apesar de nosso histórico de sucesso nas vacinações em massa — sabotou todas as medidas de prevenção da pandemia. Mas lá fora, quando um governo soberano estrangeiro manda, os funcionários do povo brasileiro aceitam — cordeirinhos! — usar a máscara que a Ciência recomenda.

Ou seja: aqui dentro, Ignorância, Negação e Morte. Lá fora, Normalidade.

A hipocrisia é inaceitável.

Instado a colocar máscara, a obrigação do bolsonarista-raiz era dizer ao israelense que não, jamais, que aquilo ali era uma “frescura” e que “temos que lutar sem nos amedrontar!” Por que não seguiram o script, covardes?

Desta vez, a malignidade deste desgoverno não se perderá em meio aos factoides; desta vez, não é a política que está em jogo. É gente morrendo na rua.....

Anônimo disse...

As Três forças Armadas saiu muito mais barato para o Brasil desde 1889 até 2021 doque os Governos do PT de 2003 à 2016.

Anônimo disse...

As Três forças Armadas saiu muito mais barato para o Brasil desde 1889 até 2021 doque os Governos do PT de 2003 à 2016.

Anônimo disse...

nos desgovernos larapios lulopetistas voce via ex-sindicalistas broncos e despreparados sem curriculo algum enricando rapidamente, com carros, casões e por ai vai...

um contraste absoluto com a austeridade dos militares, gente preparada, instruida tecnicamente, com curriculo e méritos recebidos...

é esse Brasil que queremos...

Anônimo disse...

Hospital das Forças Armadas tem 90% de ocupação da UTI e contêiner para guardar mortos:

Hospital dos militares, que sustentam política negacionista de Bolsonaro, está com UTI lotada e adquiriu um contêiner frigorífico para armazenar os corpos

8 mar 2021

247 - O Hospital das Forças Armadas, que trata militares da ativa e da reserva e seus dependentes, está com 90% dos leitos de terapia intensiva ocupados.

Um contêiner frigorífico foi adquirido para armazenar os corpos: "O Ministério da Defesa informa, por meio do Hospital das Forças Armadas (HFA), que a taxa de ocupação atual é de 90% na UTI. O HFA é um hospital de referência no tratamento do coronavírus e tem participado ativamente do tratamento da COVID-19 nos níveis ambulatorial e de pronto atendimento. As internações são no nível enfermaria e UTI. Desde setembro de 2020, foi contratado um contêiner frigorífico", informa a nota do Ministério da Defesa, divulgada pelo Correio Braziliense.

O perfil dos internados é cada vez mais jovem, e as UTIs vêm sendo ocupadas por mais tempo.

O hospital, que fica em Brasília, não consegue comportar o aumento de casos no DF. Na manhã desta segunda (8), foi registrada ocupação de 100% dos leitos de UTI da rede pública em Brasília.

No sábado (6), o governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou a abertura de 119 até o próximo domingo (14). No entanto, escolas e academias foram reabertas.

José Corrêa disse...

O #haadoEsgotosfera covidiota Joel Robinson das 10:02 está mugiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiido!!!

Anônimo disse...

Prefiro militar no governo do que guerrilheiros assaltados cofres públicos.

Gilmar de Mello disse...

Brasil vergonha mundial foi termos um presidente analfabeto! Termos um partido político que furtou um país inteiro! Um país que construiu estádios em vez de hospitais e escolas. Isto nao é vergonha Sr. Anônimo?

Anônimo disse...

Edson Fachin anula condenações de Lula e ex-presidente volta a ficar elegível:

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou nesta segunda-feira (8) as condenações contra o ex-presidente Lula referentes ao triplex do Guarujá e ao sítio de Atibaia

8 de março de 2021

247 - O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou nesta segunda-feira ( 8) todos as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato.

Com a decisão, o ex-presidente Lula volta a ser elegível. Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula....

Anônimo disse...


Engraçado, a turma do mensalão e do petrolão quando tava no governo nunca foi criticada e a roubalheira chegou em valores próximo a um PIB do pais e agora só por que o ratoário não consegue roubar fica tentando travar a agenda do país, inclusive na nomeação dos cargos de confiança.