Base Aérea de Anápolis a postos para receber os repatriados

Chegada dos 34 brasileiros está prevista para a meia-noite deste sábado. Repatriados e os familiares resgatados em Wuhan, na China, ainda deverão permanecer em quarentena. 

Por 18 dias, eles ficarão no hotel de trânsito da Força Aérea, preparado e adaptado para esse fim.

A previsão é de que na madrugada de sábado para domingo, em torno de meia-noite, ou pouco mais, eles estejam pousando em Anápolis. Todas as providências já foram tomadas.

No início da noite de sexta-feira as duas aeronaves decolaram em solo chinês para um voo de quatro escalas técnicas. Reabastecimentos em Ürumqi, ainda na China, Varsóvia, na Polônia, Las Palmas, Espanha, e já no Brasil em Fortaleza. Em Varsóvia, devem desembarcar quatro cidadãos poloneses, um indiano e uma chinesa. O presidente Jair Bolsonaro autorizou a carona para esses cidadãos, solicitada por seus países de origem.

2 comentários:

Mordaz disse...

O vírus está cada vez mais próximo. Vem a jato.

Anônimo disse...

Grande estratégia. Trazer para dentro do país os possíveis infectados, aumentando a chance de disseminar o vírus por aqui... Vejam o que ocorreu com o sarampo!