Mônica Moura poderá contar, hoje, na CPI do BNDES, como Dilma e o PT tentaram melar a Lava Jato

Os publicitários João Santana e Mônica Moura, os dois marqueteiros que elegeram Lula na segunda eleição e elegeram Dilma nas duas, ambos presos por ordem de Sérgio Moro no âmbito da Operação lava Jato, prestarão depoimento naCPI do BNDES.

Será as 14h30 min.

As sessões são secretas.

Veja como Mônica Moura conta em juízo como Dilma Roussef e o PT tentaram obstruir os trabalhos de Sérgio Moro e da Lava Jato:

7 comentários:

Mordaz disse...

Como sessão secreta? Depois de criticarem Moro vão esconder a verdade do povo?

Anônimo disse...

SESSÃO SECRETA é coisa de QUADRILHA, é coisa de MAFIA.

MEDO DO QUE tem os PSICOPATAS destas reuniões secretas?



Anônimo disse...

A gatinha do chicletes, chegou cheia de marra e se abriu em dois dias de chilindró.

Anônimo disse...

Em 2088 eles montam uma comissão da verdade para dizer o que lhes interessa, ninguém vai estar mais aqui para contestar, é assim que funciona.

Mario Marques disse...

Mas e o Ministro José E. Cardoso onde anda? Livre e solto sem nenhuma condenação.

Anônimo disse...

Este vídeo é para quem acha que a Dilma não teve culpa...

Anônimo disse...

Dilma aprovou a compra de Pasadena, quando que vão reabrir esse caso?