Bolsonaro altera decreto de armas e libera porte a advogados

CLIQUE AQUI para conhecer o novo decreto.
CLIQUE AQUI para examinar a retificação.

Por meio de dois atos do Executivo publicados nesta quarta-feira, 22, no DOU, o presidente Bolsonaro alterou pontos considerados polêmicos que constavam no decreto de armas, publicado no início do mês. 

Entre as alterações substanciais está a que inclui a profissão do advogado como de risco. Sendo assim, causídicos não precisam mais demonstrar sua efetiva necessidade de portar armas de fogo.

No decreto anterior, estavam neste rol apenas os agentes públicos que exercessem profissão de advogado. Com a mudança, todos os causídicos ganham a facilidade.

CLIQUE AQUI para saber tudo, inclusive para examinar os dois novos decretos.

15 comentários:

Anônimo disse...

Bandidos podem usar armas?

Anônimo disse...

Tirou o bode da sala. Hehe

Tá contente agora mano?

Anônimo disse...

Até demorou para o inútil voltar atrás de sua decisão. Isso já virou rotina.
Não dá para levar a sério o que ele fala e faz

Anônimo disse...

Não li o texto, mas se for verdade é a coisa mais idiota que o Bolsonaro fez até agora (votei nele e sou a favor de suas medidas anteriores quanto a armas).

Incluir qualquer "adevogado" nos aptos a porte é um absurdo descomunal (é sabido que qualquer um vira "adevogado", hoje, no brasil, através de cursos duvidosos).

Não vão faltar "adevogados" de porta de cadeia e playboys se matando (ou, pior, matando os outros).

Anônimo disse...

Bom, o Bolsonaro acabou de dar PORTE (não posse) pra metade do brazil, essa é mais ou menos a porção da sociedade brazileira que tem diploma de direito... qualquer retardado de 20 anos automaticamente ganha posse. Votei no Bozo mas estou quase me arrependendo.

Anônimo disse...

Qualquer chinelo é advogado.

Anônimo disse...

...não é automaticamente, mas é quase...

Anônimo disse...

Bacharel não é advogado!

Anônimo disse...

Os advogados continuarão a entrar no presídios sem serem revistados?

Anônimo disse...

Vai ter muito advogado de porta de cadeia fazendo segurança de bandido. Além da defesa jurídica agora vai poder fazer a defesa pessoal do meliante. E a polícia não vai nem poder interceptar esses meliantes. Essa medida é vergonhosa.

Jerônimo Passoni disse...

Políbio, ainda hoje vou peticionar à OAB para judicialmente identificar o IP do anônimo acima,18:54. O autor da frase será imediatamente processado, pois agrediu uma categoria funcional inteira acobertado pelo covarde anonimato.

Anônimo disse...

um advogado deve ter comido a mãe e a mulher do das 18h54, olha o ódio da bichona eheheheh...faz seis anos de faculdade e um exame na oab, babaca

Anônimo disse...

Em qualquer segmento existem os bons e os maus.Não dá para generalizar.
Quem estuda quase dez anos para se formar,no final aprende a contornar problemas,superar sabe Deus quantas dificuldades e ainda em muitos casos trabalhar de graça,não pode se melindrar ou se ofender com a afirmação do energúmeno das 18:54.Provavelmente é um analfabeto funcional que na hora que o bicho pegar não saberá se defender e humildemente vai pedir desculpas porque vai precisar de um advogado.O anonimato é apenas uma forma de resguardar a identidade,mas não isenção de responsabilidade.
Todo apoio ao Jeronimo.Desse pequeno incidente o valente anonimo das 18:54 vai tirar uma grande lição que certamente vai ser útil para o resto da vida.

Jerônimo Passoni disse...

Ao anônimo das 11:05 de hj. Petição entregue na OAB às 11:46, protocolo 600022/2019.

Anônimo disse...

Já eram perigosos, agora então....