SP, João Doria: aprovação, 53,1%; desaprovação, 42,3%.

100 dias de governo.

O índice de aprovação do governador João Doria é muito menor do que o índice de aprovação do presidente Bolsonaro em São Paulo.

Eis os números desta manhã do Instituto Paraná Pesquisas:

Aprova, 53,1%
Desaprova, 42,3%
Não sabe, 5,6%

João Doria conta com 34,6% de ótimo e bom, 31,5% de regular e 30,6% de ruim e péssimo.

9 comentários:

Anônimo disse...

Com todo respeito Editor...pesquisa, principalmente datafolha, é pra encher linguiça. Credibilidade zero.

Anônimo disse...

Essas pesquisas valem aquilo que besouro chafurda.
Basta lembrar da aprovação de Lula.
A massa não sabe de nada e "aprova" ou "desaprova" ao sabor do emocionalismo... que por sua vez é manipulado pela propaganda e pelo marketing político. É tudo uma bosta.

Anônimo disse...

Políbio, você já está bem grandinho para acreditar nessas fantasias...
Essas pesquisas valem aquilo que besouro chafurda.
Basta lembrar da aprovação de Lula.
A massa não sabe de nada e "aprova" ou "desaprova" ao sabor do emocionalismo... que por sua vez é manipulado pela propaganda e pelo marketing político. É tudo uma bosta.

Anônimo disse...

Quanto ao governo federal, a Datafalha, manipulada pela Falha de São Paulo, com certeza diria...
"36,8% desaprovam o governo" e esqueceriam o resto.

Anônimo disse...

"A Globo e a Folha, o "jornalismo" em dois mundos díspares... Quem são as fontes?"
- O maior pobilema da Falha e da Grobo é epenas a falta de uma graxinha nas engrenagens.

Anônimo disse...

Catarina, sendo você uma "puta velha", já tá careca de saber...
"A Globo e a Folha, o "jornalismo" em dois mundos díspares... Quem são as fontes?"
- O maior pobilema da Falha e da Grobo é epenas a falta de uma graxinha nas engrenagens.

Anônimo disse...

Enquanto isso...
"Crivella culpa 'problemas históricos' após mortes e destruição em temporal"
O maior problema histórico do Rio é que os cariocas (e fluminenses) só elegem merda para administrar suas cidades/estado.

Anônimo disse...

Diz a mídia...
"Novo ministro da Educação, Weintraub tem ideias semelhantes às de Bolsonaro"
— Rapááááá... isso pode ser um perigo...

Anônimo disse...

Diz o Diário do Poder que...
"Mulher de Fernando Haddad recebe dinheiro de fundação do Maranhão. Entidade a 3.000km de SP pagou a Ana Estela Haddad R$32 mil em 2018"
— Uai, será que uma pobre trabalhadora não pode usar os meios eletrônicos para prestar seus serviços de consultoria?
Estão querendo insinuar alguma coisa?