Aqui, ao vivo, julgamento dos assassinos do menino Bernardo, Três Passos, RS

3 comentários:

Anônimo disse...

Não aguentei nem um minuto deste torturante circo de horrores.
Incrível como tem gente que assiste, e gosta, deste tipo de espetáculo cheio de detalhes mórbidos.

Anônimo disse...

Nunca vi tanta mentira num julgamento como este.Cada um botando no rabo do outro agora.O pai,mentor de tudo,dizer que não matou o filho.Ele começou a matar a criança anos antes,psicologicamente.Médico que salva vidas matando o próprio filho,uma criança e num plano diabólico de filme de Alfred Hitchcock.
Tudo planejado.Viajando de uma cidade a outra para enterrar o corpo.Coisa insana.Um arquitetou,uma outro matou,outro abriu a cova,a outra conseguiu e escondeu as ferramentas.Era apenas uma criança.Mas seus mentores com um plano de deixar o diabo com inveja.Ao invés de perder tempo com esta fantasia de júri,deixem eles soltos.Se forem presos,em seguidinha vão estar com habeas corpus,livres por bom comportamento.Aqui no Brasil a pessoa pode cometer um genocídio.Aí lá dentro ele fica bonzinho e a justiça solta ele.Porque quem faz as leis aqui são mais pilantras e corruptos do que quem mata.Uma lei de fantasia.Um assassinato deste espécie é pena de morte direto.Todos eles.Mas montaram um circo em Três Passos.Tudo balela.Tem que entrar um grupo armado na sala de julgamento e fuzilar todos eles.Simples assim.Tinha que ter um grupo armado para julgar estes crimes.Na bala mesmo.

Anônimo disse...

Há muito mais do que o que está sendo julgado. O menino tinha direito à herança da mãe e do pai. Tinha gente na cidade inclusive do fórum de olho nos imóveis que não podia ser vendidos por causa do menino. Tinha gente em tratativas com o acusado. Isto estava nos jornais da época e “sumiu” agora.