Artigo, Rogério Mendelski, Correio do Povo - Um gaúcho no Itamaraty

O novo chanceler brasileiro, o porto-alegrense Ernesto Araújo, terá um trabalho difícil como novo titular do Ministério das Relações Exteriores (MRE), a começar pela reengenharia ideológica a ser promovida no próprio Palácio do Itamaraty. Os chamados “barbudinhos”do MRE que durante 14 anos defenderam a diplomacia  do globalismo,  empurrando o Brasil para a busca de influência entre ditaduras e republiquetas bananeiras, devem estar preocupados.  

Araújo é um diplomata experiente, culto, decente e retoma um posto que já foi ocupado por homens que honraram a politica externa brasileira como Roberto Campos, Oswaldo Aranha, José Maria Paranhos Júnior (Barão do Rio Branco), Ruy Barbosa, San Tiago Dantas, entre outros tantos que fazem parte dos anais do Itamaraty. 

O Brasil se apequenou de tal maneira nos governos Lula e Dilma que sequer reagimos quando Evo Morales tomou na marra e com ajuda militar as propriedades da Petrobrás na Bolívia.

 CLIQUE AQUI para ler tudo.

16 comentários:

Anônimo disse...

Começou a ode aos gaúchos. Só porque é gaúcho não significa nada.
Eu sou rio-grandense, e daí?

Joel

Anônimo disse...

Petralhas, aceitem que dói menos: não tem terceiro turno. Resistência, mimimi, não adianta nada!
Bolsonaro é o presidente, vai governar, e a política que vai ser implantada é a do seu governo!
Isso inclui sua política externa também!
O resto é chororô de perdedor!
Mais amor, menos mimimi!
E daqui a 4 anos, tentem novamente!
É melhor jair se acostumando, que o Brasil vai mudar, e muito!!!

Anônimo disse...

Esse cidadão mendeusqui no ocaso da carreira e da vida, ainda escreve, ainda existe? ele se aposentou?

Cris disse...

Celso Amorim foi considerado o "melhor diplomata do planeta " ...
É claro... não o foi por seus compatriotas da imprensa, porque estes estavam muito preocupados em corrigir os erros de gramática do presidente que anunciava ($$$) em seus veículos de comunicação.
Li atentamente o texto de autoria do futuro Chanceler ... achei-o hilariante... particularmente para alguém com tantos anos de serviços prestados como diplomata...
A mais severa crítica que receberia de minha parte é o uso e o abuso do Santo nome de Deus em vão , fato grave dentro de qualquer religião monoteísta...
As outras... e são muitas... versariam sobre uma adolescência tardia de quem quer um mundo não como ele é ,mas como uma Sessão da Tarde assistida em um dia chuvoso ; a estranheza da utilização por parte de um diplomata de termos como cabala cristã ; uma certa imprecisão em relação ao significado real da palavra ocidente e o desconhecimento profundo das bases da geopolítica...
Isto em um texto assinado por um jornalista é aceitável... mas em um texto assinado por um diplomata ... é simplesmente... o fim da picada...

Anônimo disse...

Os "barbudinhos" anōes, mais a bruxa marvada... foram-se....

Anônimo disse...

Excelente artigo de Rogério Mendelski. Tão bom que vou compartilhar. Grato pela publicação dele aqui em seu blog, Políbio.

Anônimo disse...

- Roberto Campos honrou a política externa???

- Estaremos diante de um revisionismo histórico???

Anônimo disse...

Roberto Campos hoje estaria fazendo companhia a outros, jogando cartas, damas, para cumprir, digo passar o tempo.

Anônimo disse...

Nao...esta flertando com a senhora sua mãe.

Anônimo disse...

De ocaso na carreira tu deve entender....deve ser um sujeito(a) muito frustrado...ainda mais agora que nós...os 56 milhoes que retiraram a oportunidade de voltarem ao planalto. Esqueçam...não deixaremos nunca mais voces assumirem nada que possa derrubar este pais. O proximo passo sera descatequizar os jovens....Brasil...o Futuro Estados Unidos da America do Sul...discutindo no mesmo nivel das grandes nações do planeta.

Anônimo disse...

Nem tudo no Correio é Jurema. Felizmente temos, para compensar, o Mendelski.

Anônimo disse...

Nem tudo no Correio é Jurema. Felizmente temos, para compensar, o Mendelski.

Anônimo disse...

Este meldeski e aquele que era da rua?

Anônimo disse...

Este não e aquele mendelski que era da rbs?

Anônimo disse...

montem um apartamento com o velho broxa entao coxinhas...kkk..

Anônimo disse...

Rogério Medelski é o cara que salva aquela manhã esquerdopata da Guaíba. Preferiria ve-lo na Band.