Bolsonaro venceu em 15 Estados e no DF. Haddad ganhou em todo o Nordeste.

O presidente eleito Jair Bolsonaro teve o melhor desempenho em 15 Estados e no Distrito Federal neste domingo. Assim como no primeiro turno, o presidente eleito venceu em todos os Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Onde conseguiu os melhores números:

- Acre (77,22%), Santa Catarina (75,92%) e  Rondônia (72,18%).

 Fernando Haddad (PT) seguiu a tendência do primeiro turno e se saiu melhor no Nordeste. Os Estados onde se saiu melhor foram:

- Piauí (77,05%), Maranhão (73,19%) e Bahia (72,66%).

Jair Bolsonaro conservou o bom desempenho no Rio Grande do Sul: passou de 52,63% dos votos para 63,24% e venceu em 407 cidades gaúchas.

21 comentários:

Anônimo disse...

O Acre que tinha governador do PT dos anões Viana (Tião Viana), teve a maior votação a favor de Bolsonaro (77,22%) enquanto que o Piauí que teve o governador do PT Wellington Dias sido reeleito, foi o estado da federação onde Bolsonaro teve o pior desempenho (22,95%). Eu faço essa leitura como um governo mediocre e Tião Viana do PT, que inclusive seu irmão Jorge Viana foi defenestrado do senado.
Caro Polibio, gostaria que vc fizesse uma análise dessa situação antagonica entre esses estados.

Anônimo disse...

agora eles não precisarão mais se mudar para o sul por uma vida melhor...

Anônimo disse...

Pelo visto,os nordestinos são menos esclarecidos que os índios da Amazônia que deram vitória para Bolsonaro.
Os índios da Amazônia são mais politizados que os nordestinos.
Mas tem uma coisa difícil de entender.
A dobradinha Sartori Bolsonaro,não funcionou,porque a votação não foi casada assim.
Deram voto pra Bolsonaro e Eduardo Leite.

Anônimo disse...

Na próxima vez que tem que anunciar a bolsa carnaval, o programa minha casa na praia e o gás boliviano de graça....

Justiniano disse...

O clientelismo entre prefeituras e os nordestinos é muito grande, que distribuíam bolsa famílias a rodo e cestas básicas.

Agora que o pente fino na bolsa família será muito grande, onde muitos jovens solteiros ganham bolsa família, também funcionários de prefeituras, como ameaçou um prefeito do nordeste que seriam demitidos caso votassem em Bolsonaro.

Esse fisiologismo no nordeste tem no coronelismo ainda forte presença. Convém conferir os boletins de eleição nesses estados nordestinos, porque na última eleição da Dilma havia centenas de boletins onde não havia abstenção, algo que jamais acontece de 100% dos eleitores votarem.

Tem um vídeo no whatsapp que comenta que 50 mil nordestino não tem a matrícula da terra e viram reféns desses políticos corruptos e canalhas do nordeste. Sem matrícula da terra não tem acesso ao Pronaf e crédito rural.



GILALMEIDA disse...


Com exceção da Bahia, todos os estados vermelhos recebem da União mais do que pagam em impostos.

Se não gostarem, como na música SE O NORDESTE FICASSE INDEPENDENTE, e quiserem fazer uma cisão... tem minha total aprovação.

Não estou falando em expulsão, e sim em liberdade de escolha. Se pudesse ofereceria lulas, andrades, mst, msts, olívios, amantes e lindinhos no contrapeso. E o direito de fazer uma sociedade socialista, se quiserem.

Anônimo disse...

Cristalino como a boa água. Haddad conseguiu os melhores resultados nos grotões do PIAUÍ, MARANHÃO e BAHIA , onde os números do IDH são baixíssimos e as famílias têm a Bolsa-Familia como a principal fonte de renda .!!! Tia Glória.

Anônimo disse...

Que legal tirou o pará do norte para desconsiderar o empate que deu no Norte. Isso ai escola sem partido e sem livro de geografia tb

Anônimo disse...

Tem que separar o Nordeste do restante e formar um país com um petista de presidente.Aí eles ficarão contentes com suas bolsas famílias.Eles sempre votam no PT e lá nunca melhora.Só recebem uns trocados para ficarem na boa sem trabalho.O Nordeste já era.

Anônimo disse...

Conheço bem a região.
R$ 50 compra um voto.

Anônimo disse...

O gringo é tão incompetente que foi o ÚNICO candidato que não conseguiu se eleger pegando carona no Bolsonaro!

Anônimo disse...

Será fundamental um trabalho da parte da direita para fazer o nordestino avançar. Ele não é de esquerda, ele e dependente dos coronéis e governantes por diversos fatores. Milhões de nos destinos esperam investimento pesado para saírem da dependência de cestas básicas e bolsa família assim como de uma educação de qualidade a fim de não sofrerem lavagem cerebral nas escolas.

Iara Mãe D'água disse...

O SUL é meu País!!!

Anônimo disse...

Nordestino vota no pt e vem trabalhar em SP

Anônimo disse...

O Nordeste que votou em Haddad foi o Nordeste dos grotões, escravizados pelos coronéis da região. Nas cidades grandes e capitais, Bolsonaro ganhou de lavada. Vejam as passeatas, carreatas, etc. e os números dos votos.

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
Como competir com a esquerda mentirosa, demagógica, populista nesses grotões de miséria e ignorância?? Como acabar com a dependência e manipulação dessa população por parte da esquerda?? Só há uma saída. Investimento maciço em educação, investimentos que gerem empregos nos grandes centros e interior e combate firme ao narcotráfico que, aliados aos políticos , verdadeiros "senhores de engenho" dominam e mantém essa região no atraso , miséria e ignorância.

Anônimo disse...

O coronel L#la continua mandando.

Anônimo disse...

Aqui no nordeste quem manda na economia é o estado e quem manda no estado, manda na região. O estatismo aqui é grande e os líderes políticos daqui não querem aumentar a liberdade econômica por que eles sabem que se as regiões se desenvolverem, eles irão perder o poder e o status para o setor privado.

Enquanto o governo federal não fizer um mini Plano Marshall para o nordeste, para decentralizar a economia urgentemente e desenvolver as regiões do nordeste, norte e centro-oeste, o Brasil nunca irã se livrar dessas oligarquias do atraso.

Sem decentralizar a economia para pelo menos equilibrar um pouco a situação e desenvolver essas regiões, nada mudará ou mudará muito tarde. Por isso é tão necessário cobrar e fazerem as reformas estruturais, não podemos viver mais 20 anos sem reformas, sem mudanças e sem resultados decentes.

Anônimo disse...

No verão não comprem redes nem chapéus na praia.

Anônimo disse...

O gringo ficou se fazendo e aderiu na última hora...tomou nos dedos e não esqueçam que parte da petralhada votou no macho de Pelotas com medo do atraso nos salários

Anônimo disse...

nao entendi essa opção do Nordeste em ficar COMPLETAMENTE ISOLADO do restante do país...

ai tem coisa...

as carreatas por la foram enormes...