Câmara vota regime de urgência para votar novo IPTU de Porto Alegre

A Câmara de Porto Alegre decidirá, hoje, se aprova ou não regime de urgência para votar o pacote de mudanças encaminhado pelo prefeito Marchezan Júnior.

A mudança da planta de valores para efeito de cobrança do IPTU faz parte do pacote.

Os vereadores também decidirão se o plenário precisa ou não votar pedidos de regimes de urgência, porque a norma nos legislativos é que a condição é invocada automaticamente pelos chefes dos Executivos.