Raquel Dodge: "Justiça que tarda é uma justiça que falha"

A procuradora-geral Raquel Dodge disse, nesta terça-feira, que "Justiça que tarda é uma Justiça que falha". A Procuradoria Geral da República (PGR) criticou o "exagero" das instâncias recursais.

A 24 horas do Dia D de Lula, que se agarra a um pedido de habeas corpus preventivo em pauta no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira, Raquel disse que o julgamento na Corte máxima é um dos mais importantes da história e "vem na esteira de uma modificação da Constituição na expectativa de garantir resolutividade ao sistema criminal do Brasil". "A presunção de inocência é uma garantia pessoal importante em todos os países e no sistema brasileiro", ela disse, durante a sessão do Conselho Nacional do Ministério Público, colegiado que preside.

"No entanto, apenas no Brasil, o Judiciário vinha entendendo que só se pode executar uma sentença após quatro instâncias judiciais confirmarem uma condenação. Esse exagero aniquila o sistema de Justiça exatamente porque a Justiça que tarde é uma justiça que falha", ponderou.

10 comentários:

Anônimo disse...

“ Justiça que tarda é uma Justiça falha ”, isto é, Injustiça

Anônimo disse...

Pois é, mas e quanto aqueles tantos que são presos imediatamente, sem julgamento algum e ficam lá por anos a fio, sem nenhuma chance de recursos infinitos, mofando na cadeia. E outros tantos que já cumpriram seu tempo de reclusão, mas continuam presos, porque os tribunais precisam passar na frente processos, do tipo deste daí do Lula, que quer ficar solto, afim de continuar seu projeto criminoso e ditatorial ?
E mais, se não prenderem Lula, é dever do Estado soltar todos os presos do país, a começar pelos mais miseráveis... então sugiro que todos sejam entregues nas respectivas casas da Rosa Weber, do Toffoli, do Levandowski, do Gilmar, do Lula, da Gleisi, do Requião, do Ciro, da Marina, do Willies etc... etc...

Anônimo disse...

É verdade. Yeda Crussius, Otávio Germano e Aecio Neves comprovam a tese da procuradora-geral.

Anônimo disse...

"DE TOGA E CHINELOS"
OU
"A TOGA DE CHINELOS"

SE PRECISA JULGAR QUATRO VEZES PARA PRENDER, QUE SERVIÇO PORCO!

QUE JULGAMENTOS INCOMPETENTES,MALFEITOS

QUE JUIZES SÃO ESSES QUE TEM QUE CONFERIR 4 VEZES SEU TRABALHO

FIZERAM CURSO DE DIREITO EM CUBA?NA VENEZUELA?

QUE COISA FEIA ESTA SE SAINDO O STF

OPORTUNIDADE PARA MOSTRAR HONRADEZ,COMPETÊNCIA,HONESTIDADE,SERIEDADE

MOSTRARAM QUE SÃO INDIGNOS DA CONFIANÇA DO POVO

UM, MOSTRA A PASSAGEM DE AVIÃO (a pátria que se dane)

OUTRO, EM PÚBLICO MANDA UM REPORTER ENFIAR A PERGUNTA NA BUNDA!

SIM ISSO MESMO

EIS O NÍVEL DESTES "SENHORES DA JUSTIÇA!

UMA BAGACERADA COMO O PT E LULA...

NÃO PASSAM DISSO...LAMENTAVEL MOSTRARAM DEBOCHADAMENTE SEU NIVEL...

NINGUEM VEIO NOS CONTAR

ELES DEMONSTRARAM AO VIVO E A CORES AO MUNDO COMO SÃO!

DE TOGA E DE CHINELOS

Anônimo disse...

Já passou da hora da ministra deixar de lado sua delicadeza e expor um pouco de energia nestas sessões do STF. Suas boas maneiras e gentilezas são totalmente inócuas com sujeitos truculentos como Beiçola. Faça valer sua autoridade como PGR!

Anônimo disse...

no brasil, é assim, como a justiça é um paquiderme, então se descumpre a constituição e se prende o réu antes do transito em julgado, ao invés de tornar a justiça mais rápida...é a lógica coxinharesca eheheheheh

Carlos Brackmann disse...

É VERDADE.

PRINCIPALMENTE QUANDO JUÍZES E PROCURADORES NÃO RESPEITAM OS PRAZOS LEGAIS.

OBS: A IMPUNIDADE OCORRE EM DECORRÊNCIA DA MOROSIDADE DO JUDICIÁRIO E NÃO DOS ADVOGADOS.

ALIÁS, MUITO SATRIBUEM A CULPA PELA DITA IMPUNIDADE EM RAZÃO DOS RECURSOS APRESENTADOS PELOS ADVOGADOS, OS QUAIS MUITOS CHAMA DE PROTELATÓRIOS.

É IMPORTANTE SALIENTAR QUE DITOS RECURSOS ESTÃO PREVISTOS NA LEGISLAÇÃO PÁTRIA, PORTANTO, SÃO LEGAIS.

NÃO FORMA OS ADVOGADOS QUE INVENTARAM ESTES RECURSOS.

POR QUE OS MACHÕES DA LAVA-JATO E SEUS ASSECLAS NÃO VÃO AS RUAS EXIGIR O CUMPRIMENTO DOS PRAZOS PELO JUDICIÁRIO E MP?

FALTA CORAGEM?

VEJAM O NOVO CPC DETERMINA QUE O JUIZ TEM 30 DIAS PARA DAR UMA SENTENÇA (APOS A CONCLUSÃO DOS AUTOS) PRORROGÁVEL POR IGUAL PERÍODO MEDIANTE JUSTIFICATIVA PLAUSÍVEL.

QUANTOS DO 1 GRAU CUMPREM?

E AÍ VEM FALAR EM IMPUNIDADE, TENHAM A SANTA PACIÊNCIA.

Anônimo disse...


Que digam as execuções fiscais e os credores dos estados e municípios nessa mesma justa !!

Anônimo disse...

kkkk Polibio essa dai e` a que o Lula chamou de *uta ?

Anônimo disse...

Chegamos naquele momento da História em que não se pode mais dizer não a luta. Se o STF acabar com a prisão em segunda instância, então adeus Brasil, num deboche coletivo internacional. E aqui dentro, todos acreditarão na máxima de Hélio Oitica: "seja um marginal". Quando o povo ordeiro, que aceita o cabresto para o bem comum se revolta, chegamos ao fundo do poço.