Piñera será reeleito presidente do Chile neste domingo. Socialistas perderão o comando.

O candidato socialista apoiado pela presidente Michelle Bachelet, que foi eleita com propina da OAS, tem 20% nas pesquisas eleitorais.


O candidato da direita, Sebastián Piñera, que já foi presidente, tem 40% e vencerá no primeiro turno.

20 comentários:

GGWWTTRS disse...

Um socialista (Bachelet) financiado por um capitalista (OAS). Polibio, quem o senhor incrimina? O socialista ou o capitalista? pela sua forma de redigir parece que só incrimina o socialista... desculpe mas o senhor é farinha do mesmo saco... é daqueles politicamente polarizados...

Anônimo disse...

Como eu adoro ver a esquerda levar no rabo.

Anônimo disse...

O povo do Chile está corretíssimo. Não apoiar quem se elegeu com propina. O Brasil deve seguir o exemplo.

Anônimo disse...

Que diferença !
Inveja do Chile.

Carlo Germani disse...

Aos poucos os eleitores estão desembarcando de candidaturas com vínculos
esquerdistas.

Bachelet é mais uma nulidade humana e política a serviço do esquerdismo.



Anônimo disse...

Chile caminhando para ser o país per-capta mais rico da América, se elegerem Piñera em 2020 estarão no clube dos países ricos.

Já nós..... é uma vergonha comparar...

Anônimo disse...

É mais um sinal para 2018 no Brasil, espero o Messias para tirar o Brasil das mãos do mal.

Anônimo disse...

Qualquer pessoa medianamente informada sobre política internacional sabe que existem pouquíssimas diferenças entre esquerda e direita no Chile. É um país maduro o suficiente para saber que a direita não tem altar com foto de Pinochet e a esquerda é surda e cega as idéias de Allende.

Anônimo disse...

O socialista quer chegar no governo para ter as chaves dos cofres e então tirar o atraso" e ROUBAR OS IMPOSTOS PAGOS PELOS CAPITALISTAS!

Anônimo disse...

Caro Políbio
O Sebastião Pinera foi um ótimo presidente. Ele conseguiu livrar os mineiros de uma catástrofe.É um homem de atitude.
Esther

Anônimo disse...

Vtnc

Anônimo disse...

A esquerdalha do atraso está mesmo perdendo terreno na América Latrina que precisa ser endireitada urgente, se não isso aqui vai se tornar o cu do mundo!

Anônimo disse...

Quem afirma que a OAS é capitalista muito se engana ! Não passa de uma organização criminosa e submissa aos poderes dos governantes, e que se dispõe a pagar propinas em troca de privilégios comerciais.

Finish them! disse...

Até no Chile a mentira socialista cai por terra!

Sinal de que o pessoal de lá também está acordando..


Anônimo disse...

Menos um socialista...

Anônimo disse...

Povo passivo corruptos ativos,

Anônimo disse...

A Argentina que era um personagem secundário até pouco tempo atrás já está virando a situação e com melhora crescente da economia, o presidente Macri já se destaca como o novo líder da América do Sul, mas o Brasil ainda tenta descobrir se Lula realmente é um delinquente ou não, deveriam por esse pessoal logo na cadeia e seguirmos adiante.

Anônimo disse...

Por trás da palavra "SOCIALISMO" sempre tem uma quadrilha "SONHANDO EM ROUBAR"!!!!!

Anônimo disse...

Falando em povo passivo será que os Brasileiros vão acordar?

Justiniano disse...

Chile tem um crescimento do PIB de 3 a 4% ao ano, com um povo com ensino fundamental completo e menor índice de analfabetismo (menos de 2%, que segundo chilenos são pessoas acima de 70 anos que não querem ser alfabetizadas) outra coisa que chama atenção é que os alunos dos colégios andam todos uniformizados.

As universidades são pagas e tem bolsas para carentes, o nível de ensino superior é o melhor da América Latina (maioria dos professores tem pós-graduação nos EUA), possuindo muitas escolas técnicas de ensino médio (no Brasil todo muito que ter curso superior de qualidade duvidosa).

É o país mais capitalista no continente, possuindo um grande mercado de exportação para os EUA, incluindo frutas, pescados e madeira. No Chile o sistema de pedágio há mais de 20 anos é semelhante ao japonês, você passa e recebe a fatura do mês em casa (aqui agora estão implantando). Possui uma grande industria do turismo, que recebe com grande hospitalidade. Tudo isso graças ao general Pinochet que botou ordem no Chile, que era uma bagunça no tempo de Allende.

Lá os populistas e demagogos não vicejam que nem aqui, povo esclarecido não é enganado duas vezes, viram que Bachelet pouco fez pelo Chile, mandaram para casa.