Mercado prevê inflação menor e PIB maior para 2018

O mercado corrigiu ligeiramente suas estimativas para a inflação e o PIB de 2018 e alterou suas perspectivas para a taxa de câmbio no final de 2017, segundo estimativas coletadas até o dia 17 de novembro e divulgadas há pouco pelo Relatório Focus do Banco Central. 

Inflação - A mediana das expectativas para o IPCA deste ano permaneceu em 3,09% e a de 2018 passou de 4,04% para 4,03%. 
PIB - Já a mediana das expectativas para o crescimento do PIB permaneceu em 0,73% para este ano e foi de 2,50% para 2,51% para 2018.  
Juros - As expectativas para a mediana da taxa Selic mais uma vez não se alteraram, permanecendo em 7,0% para ambos os anos. 
Câmbio - Por fim, as projeções medianas para a taxa de câmbio para o final deste ano foram corrigidas de R$/US$ 3,20 para R$/US$ 3,25 para este ano, e se mantiveram em R$/US$ 3,30 para o próximo ano, respectivamente

2 comentários:

Anônimo disse...

esta gauchada guasca gosta do PDT, eta povinho bunda

Anônimo disse...

Não consigo entender, trabalho na indústria tivemos um aumento real de 2, 5%, em contrapartida o plano de saúde 13.5 % escola 12%, combustível me nego a expressar, gás de cozinha não sei quanto %, não consigo acompanhar.... Energia alimentos tudo sobe. E a inflação está 3.09, e previsão de queda. Estamos crescendo igual a mandioca, para baixo, crescimento invisível... Obs. Não sou da turma do mínimo. É somente uma indagação..boa tarde...