Casal de idosos é assassinado com requintes de selvageria em Gramado

O pórtico da Varzea Grande, entrada de Gramado por quem vem por Taquara.

Gramado passa por tarde de céu azul, sol claro e desde o início da manhã traumatizada com a notícia do assassinato do casal Mário, 79 anos, e Julita Wolf, 76, encontrado morto dentro de casa na rua 1° de Maio, no bairro Várzea Grande, na entrada da cidade.

O crime chocou a comunidade gramadense pela violência e selvageria dos assassinos.

Os dois teriam sido mortos na noite de quarta-feira. O corpo da mulher estava em um dos quartos e o do homem foi encontrado na varanda.

A casa foi reviradas e foi encontrado muito sangue pelo chão.

O casal morava sozinho. 

11 comentários:

elias disse...

Vamos achar os socialmente desajustados e mandar para a juiza aquela que interditou um presidio novinho, com metade da lotação.
Ela vai coloca-los na sua sala, com seus filhos e filhas.
Bananão sempre será bananão.

Oswald disse...

Coitados dos assassinos, não tiveram oportunidades na vida.

Anônimo disse...

É por isso que sou a favor do Direito do Cidadão ter arna para sua defesa.

Anônimo disse...

A violência chega ao paraíso .!!!

Anônimo disse...

em alvorada cachoeirinha ja e` rotina

Anônimo disse...

Possível latrocínio em Gramado? é, o Brasil chegou chegou ao fim.

Anônimo disse...

Normalmente são noias tentando roubar para pagar dívidas da droga.

Anônimo disse...

Que D'us nos proteja!

Anônimo disse...

policia trabalha com possibilidade de casal estar envolvido com trafico, nao duvido de nada,

Anônimo disse...

casal contratou um pintor para realizar servicos em sua casa, na quarta feira ela teve e o telefone roubado e discutiu com o pintor. as 2 hs da madrugada de quinta feira alguem entrou na casa sem arrombar, matou o marido a facadas, violentou a esposa e desferiu varios golpes de faca, inclusive arrancando os olhos da vitima. tomou vinho, comeu e saiu com a roupa do marido uma hora depois usando o controle remoto da garagem. cameras de cftv da vizinhanca gravaram o suspeito, que segundo informacoes ja esta com a policia

Anônimo disse...

A falta que faz as pessoas poderem ter porte de arma, pois se esses bandidos tivessem o temor de que as pessoas possam estar armadas eles não se atreveriam a entrar nos domicílios.