ATP avisa que vai parcelar salários. Trabalhadores ameaçam com greve geral em Porto Alegre.

Alegando déficit conjunto de R$ 124 milhões, a ATP anunciou que as empresas de ônibus de Porto Alegre poderão atrasar os salários dos seus empregados.

O que inclui o 13o salário.

As empresas privadas de ônibus informaram que o número de passageiros diminuiu 10,9% de janeiro a setembro de 201 e isto, naturalmente, reduziu drasticamente a receita.

Os trabalhadores ameaçam retaliar com greve geral e paralisação de todo o transporte coletivo de Porto Alegre.

14 comentários:

andrered disse...

Uber
99
cabifay
agradecem

Anônimo disse...

Ué o problema não era só a Carris? Que tinha que privatizar pra ela dar lucro???

Anônimo disse...

Em qualquer atividade comercial quando cai o número de clientes se faz promoção pra atrai-los de volta e até aumentar o número. Então por que diabos com as empresas de transporte coletivo não é assim? Por que não baixam a tarifa pela metade pra aumentar o número de passageiros em horários em que eles escasseiam por exemplo?

Anônimo disse...

tem que privatizar a carris e a eptc logo

Anônimo disse...

UÉ, MAS A INICIATIVA PRIVADA NÃO PODE TUDO???


A CARRIS, ESTATAL, É DEFICITÁRIA. BASTARIA PRIVATIZÁ-LA QUE A EFICIÊNCIA E A COMPETÊNCIA DO DEUS MERCADO IRIAM COLOCAR A EMPRESA NO CAMINHO CERTO!!!

AGORA AS EMPRESAS PRIVADAS ESTÃO PRECISANDO DA AJUDA DO ESTADO?



Unknown disse...

Grevismo sindical não resolve!!!

Anônimo disse...

O país dos coxinhas ta virando piada. umas portadas nessa coxinharada já resolve. Esses arrogantes tem q começar a apanhar na cara

Papareia disse...

E viva o puteiro!

Anônimo disse...

Se essas empresas fizerem greve, quero ver se o povinho vai chiar alguma coisa. Sim, porque servidor público que faz greve é logo xingado de vagabundo, abusado, esquerdalha...

Anônimo disse...

Uma coisa que sempre me ocorre quando vejo essas choradeiras da ATP é como funciona quanto as lotações. Elas não são tão mais caras assim que os ônibus e levam muito menos passageiros já que não permite ir de pé e tem uma rotatividade muito menor durante o trajeto. Como nunca eles reclamam de prejuízos?

elias disse...

Motivo?Esquerdalhas sem noção: ´e muita meia passagem ou passagem de graça,
Como não existe nada de graça, o povo paga por tabela, tem subsidio.
Acabem com a gratuidade, inclusive as já arraigadas, e melhora e muito.

Igor Da Rocha Dimer disse...

Hahahaha...

Estranho, não é a iniciativa privada que serve de modelo ao prefeito atual?

Pra mim é claro e evidente que existe sim MÁ GESTÃO na área de transportes em Porto Alegre, em TODAS as áreas, seja público ou privada.

Mas vai ser bom esse atraso e essa possível greve acontecerem.
Quem sabe assim o povo acorda e enxerga que o problema é outro...

Anônimo disse...

As empresas de transporte possuem um nível de informação perfeito. Tem os custos por viagem e o relatório de passageiros diariamente. Não tem como uma empresa destas chegar em novembro alegando prejuízo. Pois bastaria reduzir as viagens fora do horário de pico. Algo Há!!!!!!

Anônimo disse...

OS NAZISTAS ESTÃO DE VOLTA E SÃO MONITORADOS PELA POLÍCIA GAÚCHA
Igor Sperotto | Polícia Civil/Reprodução
Delegado Paulo Cesar Jardim, titular da 1ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, responsável pelo Grupo de Combate ao Neonazismo no Rio Grande do Sul, afirma que "os neonazistas se acham superiores ao MBL ou a políticos como Jair Bolsonaro”; “Não estamos lidando com bandidos, ou doidos. Estamos combatendo uma ideologia de mais de 70 anos”, analisa; segundo ele, na maioria são jovens entre 17 e 30 anos que agem com extrema violência, em bandos. Em geral, são indiciados por crimes como tentativa de homicídio, formação de quadrilha, corrupção de menores, propaganda e incitação ao nazismo; confira reportagem do site Extraclasse
25 DE OUTUBRO DE 2017 ÀS 11:45 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube