Vaticano pede a Maduro que suspenda Assembleia Constituinte

A Secretaria de Estado do Vaticano apelou hoje à suspensão da Assembleia Constituinte em curso na Venezuela, pedindo ao governo e oposição do país sul-americano "pleno respeito" pelos Direitos Humanos.

A nota oficial, divulgada pela sala de imprensa da Santa Sé, defende que “se evitem ou suspendam as iniciativas em curso, como a nova Constituinte”, por considerar que “mais do que favorecer a reconciliação e a paz, fomentam um clima de tensão e confronto”.

A Santa Sé dirige-se a todos os atores políticos, em particular ao governo, exigindo que assegurem “o pleno respeito pelos Direitos Humanos e as liberdades fundamentais, bem como da Constituição em vigor”.