Janot criou o "Direito Constitucional da malandragem", diz Gilmar; veja vídeo

O repórter Matheus Teixeira da Silva, Comnsultor Jurídico, conta no site que o ministro Gilmar Mendes fez este alerta em julgamento na 2ª Turma da corte, na última terça-feira (1º/8), que revogou as preventivas do procurador da República Ângelo Goulart e do advogado Willer Tomaz, presos por causa da delação da JBS:

- Não pode o Supremo Tribunal Federal se calar diante de um projeto de poder totalitário e autoritário liderado pela Procuradoria-Geral da República, que reitera na prática de abuso de poder e desrespeito à Constituição. Uma autocrítica por parte dos ministros do STF se faz urgente, a fim de impor um limite à atuação abusiva da PGR.

O ministro avisou que a reboque do Ministério Público, que expõe investigados na grande mídia antes do julgamento do réu, em violação às normas legais, está se criando “um Direito Constitucional da malandragem”, afirmou o magistrado.

CLIQUE AQUI para ler tudo e também acompanhar os videos com as falas do ministro.