Senado reúne Conselho de Ética na terça-feira para cassar Gleisi Hoffmann

O Conselho de Ética do Senado deve definir na próxima terça-feira o relator da denúncia contra as seis senadoras que ocuparam a Mesa do plenário durante a sessão em que foi votada a reforma trabalhista, em julho. A convocação dos membros do conselho para a reunião foi feita pelo presidente do colegiado, senador João Alberto Souza (PMDB-MA).

A denúncia contra as senadoras Ângela Portela (PDT-RR), Fátima Bezerra (PT-RN), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Regina Sousa (PT-PI) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) é de autoria do senador José Medeiros (PSD-MT) com apoio de mais 14 senadores

19 comentários:

Anônimo disse...

lamentável que a M do grelho duro não esteja incluída nesta lista.
E esperamos todos que sejam cassadas.

Anônimo disse...

Se o Senado AINDA TEM pelo menos um resquicio de ética, estas figuras tem que
serem colocadas para fora, para a rua! E da rua, sem o STF protetor de bandidos, a coisa preteará de vez para a amante ao ser convocada para uma conversinha nada confidencial com o Sérgio Moro.

Anônimo disse...

Sem mandato a narizinho cai direto no colo do moro, muito bom pra ser verdade, acho difícil vencer o corporativismo, vamos torcer e fazer pressão para que removam essa corja do senado.

Anônimo disse...

FAÇAM UM FAVOR AO BRASIL DECENTE, CASSEM ESTAS BARANGAS COMUNISTAS E DESTEMPERADAS. O BRASIL DECENTE AGRADECE.
ALTAMIRO

Anônimo disse...

ARRANJO FEITO COM O TRABALHO "JOSÉ" DE JOSÉ CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE ATUALIZANDO PARA PERSONAGENS DA ATUALIDADE


E agora, José,LULA,PT??
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?LULA,PT?
e agora, você?
você que é sem nome,
que zomba dos outros,
você que faz versos,
que ama, protesta?
e agora, José?LULA PT?

Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?

E agora, José?
Sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro,
sua incoerência,
seu ódio — e agora?

Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.
José, e agora?

Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse...
Mas você não morre,
você é duro, José!

Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja a galope,
você marcha, José!
José, para onde?

Anônimo disse...

chinelagem típica, merece cassação.

Anônimo disse...

Todas as senadoras que ocuparam a mesa do senado, não tem compostura, nem educação, nem alcance intelectual para serem senadoras. FORA todas elas para dar um pouco de credibilidade ao senado.

Anônimo disse...

"M do grelo duro" é Deputada Federal e não Senadora!
Pessoal lê mas não sabe interpretar...

Anônimo disse...

QUE MARAVILHA VER ESTA BAGACEIRA CORRUPTA CASSADA E PRESA.TUDO ESCUMALHA,RALÉ,QUE POR VONTADE DO POVO BURRO DO BRASIL BOTAM ESTA GENTE NO PODER.

Anônimo disse...

O congresso não trabalha mais só botando os podres de um e de outro pra fora enquanto o povo rala pra receber salários parcelados não resolvem nada sendo tudo farinha do mesmo saco e os salários deles cada vez mais alto .

Anônimo disse...

Sem emplacar CPI, tucanos invadem Mesa em plenário:

15 maio 2009 - Consciencia Politica

O plenário do Senado foi palco de algo inédito na história da instituição. Inconformados com a decisão da Mesa Diretora de não ler o pedido de instalação da CPI da Petrobrás, senadores do PSDB subiram à Mesa e, em uma quebra de protocolo, assumiram a presidência para tentar dar continuidade à sessão não deliberativa do início da noite desta quinta-feira (14). Segundos antes, a 2ª vice-presidente da Mesa, Serys Slhessarenko (PT-MT), assumira o posto para, com uma frase, instalar a confusão: “Não havendo mais oradores inscritos, declaro encerrada esta sessão”.

(...)

Foi o que bastou para que o líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), sem alternativas, subisse à Mesa, ocupasse a cadeira da presidência e, aos gritos e batendo na mesa, anunciasse: “Quero ver quem vai me tirar daqui!”, disse Virgílio, emendando uma exortação ao colega. “Com a palavra, o senador Tasso Jereissati [PSDB-CE]". Tasso tomou o microfone do plenário, protestou por alguns segundos e, por causa do primeiro-secretário, Heráclito Fortes (DEM-PI), não mais se fez ouvir em plenário – por determinação de Heráclito, os microfones foram todos desligados.

(...)

PS: A defesa das Senadoras deve buscar nos "anais" do próprio Senado o precedente ocorrido em 2009, onde os Senadores Arthur Virgilio e Tasso Jereissati do PSDB também invadiram a Mesa e ocuparam a cadeira da Presidência. Claro, que não deu nada, afinal os Tucanos são "inimputáveis".

Anônimo disse...

Essas senadoras, infelizmente, não têm condições para ocupar o cargo. Prevaleceram-se de sua condição de mulher - obedecendo ao presidente da CUT - e fizeram um triste papel. Devem ser expurgadas.

Anônimo disse...

NÃO DÁ NADA!
ALI SÓ TEM CORRUPTOS!
NÃO DÁ NADA!

Anônimo disse...

TEM QUE FACILITAR a ida de GLEISI pro DR. MORO, assim fica melhor pois ambos são da mesma cidade!

elias disse...

Dá nada.
Tudo merda.
Quem está na mesa ou fora dela.

Anônimo disse...

É gópi, é gópi!

Jorge disse...

Tem que cassar as seis senadoras

Anônimo disse...

Espero que a Gleisi Narizinho de Pinóquio vá logo pra "banha" e depois pra cadeia!

Anônimo disse...

O Willis cuspiu na cara de diversos deputados, quando tentou acertar o Bolsonaro e só ganhou uma cartinha para ele não fazer mais. O cara riu e disse que vai voltar a cuspir.
Acho que o Bolsonaro ficou com medo por isto votou igual ao Psol.....