STF nega ação de Onyx contra Renan Calheiros

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin rejeitou a queixa-crime apresentada pelo deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL). A decisão é da última terça-feira (1º). Fachin alegoui que Renan falou da tribnuna e por isto está protegido pela imunidade parlamentar.

Onyx poderia ter apelado à Com,issão de Ética do Senado.

Em dezembro do ano passado, durante uma sessão na qual era discutido o projeto sobre abuso de autoridade, Renan, então presidente do Congresso Nacional, chamou Lorenzoni de "Lorenzetti", em referência a uma marca de chuveiros, e disse que Onyx recebeu caixa 2 da indústria de armas.

Onyx, então, apresentou a queixa-crime contra Renan no Supremo pelos crimes de calúnia, difamação e injúria.

6 comentários:

Anônimo disse...

Com o voto de ontem Onyx foi definitivamente para o limbo. Covarde.

Anônimo disse...


Queen Elizabeth, send your aircraft carriers to the coast of Brazil. Help us to free ourselves from the bandit mr. Silva.

Mordaz disse...

Pois é, e o Bolsonaro não estava quando disse que não estupraria Maria do Rosário?

Mordaz disse...

Pois é, e Bolsonaro não estava quando disse que não estupraria Maria do Rosário? Justiça arbitrária.

Justiniano disse...

Concordo com Renan o capa gato virou um Lorenzeti, depois de votar a favor da denúncia virou um chuveirinho corona.

Anônimo disse...

ao ver aqui postagem a favor do Renan...concluo...a quadrilha é grande.PQP..