Projeto vai acabar com a farra de cedências de servidores pagos pelos contribuintes

Atualmente, o Estado gasta cerca de R$ 40 milhões com cerca de 310 cedências.

Como adiantou o editor na terça-feira, governo gaúcho encaminhou nesta quarta-feira à Assembleia Legislativa, um projeto de lei com teor parecido com o da PEC protocolada no início do ano, limitando a cessão de servidores a um trabalhador por categoria sindical.  

No texto do projeto, há a observação de que é um servidor com salário garantido pelo Estado por categoria e não por sindicato ou entidade classista. Há ainda o destaque de que o número de trabalhadores liberados para atuarem em sindicatos será livre, mas sem o custeio com dinheiro público. 

A proposta está tramitando em regime de urgência e irá trancar a pauta no início de setembro.


Para a aprovação de uma PEC é preciso 33 votos favoráveis por duas votações. Já a aprovação de um PL depende apenas de maioria simples. Se houver 28 deputados em plenário (quórum mínimo para deliberações), a aprovação poderia ser por 15 votos a 13. 

10 comentários:

Anônimo disse...

DUVIDO,DUVIDO,DUVIDO,DUVIDO,DUVIDO.......

Anônimo disse...

Seria relevante saber o número de cedências autorizadas por cada governo. O PMDB topa? Duvido...

Anônimo disse...

Espero que mesmo aqueles deputados desconhecidos e não eleitos mas conduzidos pelo partido(sistema proporcional) tenham juízo e aprovem.Um estado precário como RS não pode aceitar este absurdo.

Anônimo disse...

boa

Anônimo disse...

será que vão acabar com a mamata desses chupins vagabundos dos sindicatos? espero que os nobres deputados tenham cojones para acabar com essa palhaçada

Anônimo disse...



A farra sempre foi e é de cunho político. Esta turma sempre tem um amigo político que dá respaldo a esta sangria.

Anônimo disse...

É quanto as cedências de servidores autorizadas pelo governo para outras entidades que não seja a específica a qual o servidor fez concurso. Aí pode. Pobre rio grande do sul. Minúsculo mesmo.

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Esse gringo é mais sem vergonha do que o imaginava. Se quer economizar então que encaminhe PL à AL EXTINGUINDO o pesado e inútil DAER que assim faria enorme economia com o DESEMPREGO de seus cabos eleitorais que lá estão engordando em Cargos em Comissão para assim, bem gordos estarem aptos à campanha dele ano vindouro. E quantos mais são os cabos eleitorais sendo engordados em incontáveis instituições do Estado?

Anônimo disse...

N. Do PL ????

Anônimo disse...

É UMA VERGONHA TUDO ISSO.O PT E OS SINDICATOS DEVEM SER ERRADICADOS DO PAÍS.ELES SÃO UMA DOENÇA INCURÁVEL EM SOLO BRASILEIRO.O PT E OS CARNICEIROS DOS SINDICATOS DEIXAM O PAÍS NA VANGUARDA DO ATRASO.POR CAUSA DESTES DOIS,MAIS A ESCUMALHA BAGACEIRA DO PSOL,PC do B E OUTROS,O BRASIL SEMPRE VAI UM PAISINHO DE QUINTA CATEGORIA.É UMA VENEZUELA MELHORADA,NÃO PASSA DISSO.