Falta de quórum impede leitura do parecer da CCJ que rejeita denúncia contra Temer

A base aliada do governo não conseguiu manter 51 deputados em Brasília, nesta sexta-feira, para fazer a leitura do parecer aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que recomenda a rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer.

Como apenas 24 parlamentares registraram presença na Casa, a sessão não pôde ser aberta e essa leitura foi adiada para segunda-feira, último dia antes do recesso parlamentar.

4 comentários:

Unknown disse...

Trabalhar às sextas e segundas feiras é para quem paga a salgada conta da derrocada brasileira...
Parlamentares e sindicalistas tem um feriadão por semana... e de quatro dias!!!

Anônimo disse...

Muita Leitura.Muito confronto e perda de tempo.Se a comissão aprovou,não precisava passar pelo plenário.Assunto encerrado.Se pegam no pau na CCJ e depois vai para a câmara começar tudo de novo.Idiotice

Anônimo disse...

Tacada de mestre do temer o janot engavetador do pt e o pt nanico com a rede furada q coloquen quorum ....nao colocam porque nao tem ....kkkkk
Temer fica ate 2018 e ponto

Anônimo disse...

Boa kkkkk chupa pt rede e seus puxadinhos