João Santana diz que decisões dependiam 'da palavra final do chefe'. Luiz Inácio Lula da Silva, Ele e Dilma sabiam do uso de dinheiro sujo.

Lula e Dilma sabiam do uso de dinheiro sujo. Pelo acordo de delação premiada, Santana e Mônica devolverão R$21 milhões e cada um pagará multa de R$ 3 milhões. Na prática, é devolução de dinheiro sujo que receberam do PT.

As revelações que constam das delações de João Santana e Mônica Moura, coordenadores do marketing das campanhas de Lula em 2006 e de SDilma em 2010 e 2014, revelam que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha conhecimento dos pagamentos "por fora" feitos à empresa dele no exterior.

As revelações devastadoras saem um dia depois da via cruccis enfrentadas ontem por Lula no interrogatório de Curitiba;
.
João Santana disse ter participado de encontros com Palocci nos quais disse ter ficado "claro" que Lula "sabia de todos os detalhes, de todos os pagamentos por fora recebidos pela Pólis [a empresa de Santana]:

- Ele era tratado como o Grande Chefe.

Nos encontros com os petistas, sob o comando de Palocci, ficou claro que LULA sabia de todos os detalhes, de todos os pagamentos por fora recebidos pela Pólis, porque ANTONIO P ALOCCI, então Ministro da Fazenda, sempre alegava que as decisões definitivas dependiam da "palavra final do chefe”, diz trecho do documento da delação premiada de Santana.