Na Record, Melo e Marchezan Júnior trocam farpas, críticas, ironias e acusações

Já no primeiro bloco, Marchezan Júnior e Sebastião Melo trocaram críticas, ironias e acusações. 

A foto ao lado é de Ricardo Giusti, Correio do Povo.

Foi bem mais aceso o debate de ontem a noite da TV Record RS, um dos últimos entre os dois candidatos à prefeitura de Porto Alegre antes da eleição do dia 30 de outubro. Nelson Marchezan Júnior (PSDB) e Sebastião Melo (PMDB) enfrentaram-se em três blocos, marcados pela pauta de segurança, saúde e educação, assim como pelas críticas e comentários irônicos.

Novos debates estão agendados para esta semana,mas eles não devem oferecer novidades.

Os dois candidatos estão engessados pelas mesmas propostas de gestão pública mais moderna e eficiente, com os quais iniciaram a atual campanha eleitoral - e que são muito pobres. 

O que os diferencia de verdade são as narrativas pessoais e os compromissos que já possuem com a população rica e pobre. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Polibio, em Out 2013, a Prefeitura de Porto Alegre, cedendo a lobby do Sindicato dos Estabelecimentos Funerários , SESF, decidiu encerrar o convênio com o ENTERRO do POBRE. O Vice -Prefeito Melo dirigiu as reuniões, na ocasião. O ENTERRO do POBRE , criado há 80 anos, por senhoras de PELOTAS , radicadas na capital, dedicava-se a DOAR caixões e ajudar familias de classe baixa na hora da morte de um parente. Tinha 180 sócios colaboradores, inclusive eu, que mantinham a entidade. O ENTERRO do POBRE chegou a fornecer 3 caixões por dia .Depois, teve de diminuir para 1 por dia ,por exigência da Prefeitura de Porto Alegre, até ser proibido de fornecer caixões aos pobres, por força do lobby do SESF e das Funerárias, acatado pelo atual Governo Municipal . Lamentável , Polibio, pois o ENTERRO do POBRE funcionava bem , dependia unicamente das doações de pessoas físicas e tinha a nobre missão de enterrar o pobre , com DIGNIDADE . Fiquei particularmente chateado com a decisao da Prefeitura de Porto Alegre, em 2013, pois a missão do ENTERRO do POBRE era a mais nobre possivel, e foi obrigado a encerrar suas atividades por força do LOBBY das Funerárias, por força do dinheiro !!!