STF decidirá, hoje, se processos dos grampos sobre Lula irão para Moro ou ficará em Brasília

O plenário do Supremo Tribunal Federal deve debater nesta quinta-feira se os processos envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva devem ficar na mais alta corte ou retornar para o juiz Sergio Moro.

Em decisão liminar, o relator do caso, ministro Teori Zavascki solicitou que Moro enviasse ao STF os processos envolvendo Lula para que a corte decida quais deles devem ser de sua responsabilidade.

Apesar de o ex-presidente não ter permanecido na função de ministro-chefe da Casa Civil – e, portanto, não ter direito ao foro especial por prerrogativa de função –, algumas das provas reunidas nas investigações envolvem pessoas que estão em cargos públicos e, portanto, são passíveis de serem julgadas somente pelo STF.

7 comentários:

Anônimo disse...

http://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,brasil-se-oferece-para-acolher-refugiados-sirios,1849846

Anônimo disse...

Eu acredito que vai haver um acordão.

Anônimo disse...

Fica em Brasilia..choremmmm!!!!!

Mordaz disse...

Teori vai dizer para o povo esquecer o que ouviu em nome da Constituição. Vai mais uma vez pagar a sua dívida.

Mordaz disse...

Teori vai defender que se use a constituição para proteger os que desrespeitam a mesma. Vai defender que abafar as interceptações é para o "nosso bem"!!!

Anônimo disse...

A suprema corte(sã), segundo o capo um monte de acovardados, vai livrar o inimputável da ação de Moro e referendar a entrada do elemento nocivo no desqualificado maxistério. Afinal, maerdadante disse algo sobre o assunto

Anônimo disse...

Vergonha Internacional o que está acontecendo no Brasil.