Exportações gaúchas despencaram em agosto (-26,1%). Pelo sétimo mês, indústria vende menos para o exterior.

A Fiergs é incapaz de apresentar propostas para modificar a trajetória que conduz criminosamente a indústria gaúcha para a destruição. Já são sete meses seguidos de perdas graves da área industrial exportadora, a mais dinâmica do setor secundário do RS. Atrelada carnalmente aos interesses dos governos federal e estadual do PT, a Fiergs esquece do dever de casa. Aop contrário da Fiergs, os governos do PT terão a saída do bolivarianismo. O modelo econômico atual esgotou e o governo Dilma não muda e nem sabe como mudar. 

As exportações do Rio Grande do Sul somaram US$ 1,75 bilhão em agosto, o que representa uma queda de -26,1% em comparação com o mesmo mês de 2013. De janeiro a agosto, as exportações gaúchas geraram US$ 12,61 bilhões, significando uma queda de -18% em comparação ao mesmo período de 2013. Desde total, o setor industrial vendeu US$ 8,71 bilhões, uma perda de -21,1%. Dos recuos, os mais expressivos foram em Metalurgia (-43,5%), Tabaco (-28,6%), Veículos Automotores, Reboques e Carrocerias (-25,5%).

Commodities forçam queda - A China, principal parceiro comercial, influenciou nesse resultado ao diminuir em -47,1% as compras de soja, levando a uma desaceleração de -50,3% dos produtos básicos (totalizando US$ 484 milhões).

Indústria cada vez mais em queda - Já o recuo de -9,1% nas vendas externas do setor industrial, que somou US$ 1,25 bilhão e respondeu por 71,4% de tudo que o Estado embarcou, foi determinado principalmente pela queda nos pedidos da Argentina e dos Estados Unidos: -32,8% e -8,8%, respectivamente. Essa foi a sétima retração consecutiva da indústria gaúcha. "A forte dependência do mercado da Argentina tem levado grandes perdas para a indústria. Além disso, nem mesmo a retomada da economia americana vem sendo suficiente para alavancar vendas externas.

Importações
Ainda em agosto, as importações do Estado tiveram redução de -20,8%, atingindo US$ 1,30 bilhão, ante o mesmo mês do ano passado. Todas as categorias de uso sofreram perdas expressivas, com destaque negativo para Bens de Capital (-19,1%) e Bens intermediários (-14,5%). O menor ímpeto das importações desses produtos é reflexo da atividade mais tímida e da redução dos investimentos.

4 comentários:

Anônimo disse...

enquanto o estado tiver presidentes de bancos de desenvolvimento idiotas , promovendo a desindustrialização, só vamos pra baixo

Anônimo disse...

Políbio,

O que mais assusta é que a piora no cenário é de "2 DÍGITOS" em todos os setores: emprego, exportações, déficits da balança comercial ...

A medida do PIB 2014 já perdeu a relevância, pois os problemas do Brasil AGIGANTAM-SE dia a dia!!

A FIERGS "baixou as calças" para a Dillma e agora colhe o que plantou!!

O Pres. da FIERGS merece um "busto de bronze" na entrada do Presídio Central!!

JulioK

Anônimo disse...

Bolsa BNDS vem com força!

COITADAS DAS PRÓXIMAS GERAÇÕES, vão ter que pagar pela festa dos PTISTAS.






Ingo Máximo disse...

Digo e repito, procura o documentário "aconteceu na islândia".

Islândia é um país de 300 mil habitantes.

Quem deve fiscalizar o MERCADO e o ESTADO é a SOCIEDADE CIVIL E ORGANIZADA. Imagine um "aconteceu no Brasil". Brasil tem "200 milhões de habitantes". É um proporção 666 vezes maior que a islândia.

Por isso o medo das redes sociais, blogs, twitter, facebook, google+, whatsup, portais e tudo mais.

Por que com computador, laptop, ipad, iphone, celular e todos esses aplicativos e ferramentes a sociedade civil pode se organizar e fiscalizar tanto o mercado quanto o estado.

John Adams há 200 anos já tinha provado isso, está na Constituição dos EUA.

Só que antigamente o povo fiscalizava o estado e o mercado usando jornais, revistas, igrejas, escolas, universidades e etc.

Hoje a tecnologia é grande e a sociedade civil tem um grande poder de fiscalização.

Não viu as manifestações contra a Rede Globo? O povo usando celulares, câmeras digitais e tudo mais contra a Rede Globo?

Por que o povo não gosta da Rede Globo?

Por que a Rede Globo ajudou a derrubar o joão goulart em 1964, apoiou o Regime Militar, filmou o Lula em Roma em 1980, criou o Collor em 1992, fez propaganda do Lula em 2002 e tudo mais. E tem sociedade com o Grupo Time Life dos EUA.

Por isso o povo é contra a Rede Globo. Por que age contra o Brasil desde a fundação.